Casal de gatos cegos vítimas de maus-tratos é acolhido por família amorosa no RJ

Se a carioca Letícia Pittezr pudesse dar um conselho para nós, seria “adotem animais especiais”. Ela tem propriedade pra falar: em casa, acolheu o Lion e a Mía, dois gatos cegos resgatados por ela em condições críticas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sujeitos a maus-tratos quando eram filhotes, os felinos foram encontrados em janeiro à beira da morte, desnutridos e muito adoentados. Uma infecção grave acabou roubando a visão deles.

Hoje, passado o trauma, o casal de gatinhos não poderia estar em um lar que os ama tanto quanto o de Letícia.

casal gatos cegos vítimas maus-tratos
Gatos perderam os olhos devido a infecção grave.

Agora o pior já passou, e eles têm uma mamãe e um papai que nunca mais deixarão faltar nada a nenhum dos dois. São a nossa luz, nosso tudo 💚”, escreveu a tutora, que mora no Rio, em um post compartilhado no Facebook no último domingo (11).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para incentivar outras pessoas a adotarem animais especiais, Letícia criou um perfil no Instagram para Mía e Lion. “É um perfil bem ‘fofíneo’ que foi criado no intuito das pessoas acompanharem seu dia a dia e de inspirar a dar uma chance aos deficientes”, escreveu.

Você pode segui-los clicando aqui (ou pesquisando @s2.felinos no aplicativo).

View this post on Instagram

A post shared by Lion & Mía (@s2.felinos)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Irmãos de coração

O Lion e a Mía não são irmãos de sangue, apenas de coração. Eles têm um ou dois meses de diferença.

Letícia conta que antes de saber que se tornaria a mãe da Mía, a gatinha já havia a escolhido como tutora.

“Quando ela fez a cirurgia para remover os olhinhos e fui buscá-la na veterinária, ela chorava e miava desesperadamente. Ao ouvir minha voz, se acalmou no mesmo instante. Ela me seguia por todo canto quando estava junto com os outros filhotes, sempre pedindo colo e carinho. Não consegui resistir a tanto amor!”, relatou a carioca.

Conselho ruim

Devido à situação que os gatos estavam quando foram resgatados, alguns veterinários acharam melhor sacrificá-los ao invés de tratá-los.

“Me “aconselharam” a eutanasiar os dois por serem cegos e achar que seriam totalmente dependentes. E mesmo que fossem, eu jamais faria isso. Por um lado esse “conselho” foi bom, pois me abriu os olhos para certas pessoas que eu tinha consideração 😓”, disse Letícia.

Eventualmente, os bichanos se adaptaram à nova rotina e vivem com qualidade em seu lar, como merecem. “Adotem animais especiais! Eles são simplesmente perfeitos, do jeitinho que são 🥰“, completou a tutora.

Repercussão da história

Na seção de comentários do relato de Letícia, dezenas de internautas aproveitaram para compartilhar histórias semelhantes. Confira algumas abaixo:

#1

#2

#3

#4

Fotos: Reprodução / Facebook: @leticia.pittezr

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,835,884SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Antártida tem quase 20% a mais de colônias de pinguins-imperador do que se pensava

Um estudo divulgado esta semana mostrou que há quase 20% a mais de colônias de pinguins-imperador na Antártica. As imagens foram registradas pelo satélite Copernicus...

Colegas de trabalho doam rins aos maridos uma da outra: ‘Precisavam de transplante urgente’

As enfermeiras Susan Ellis e Tia Wimbush são amigas e colegas de trabalho em um hospital infantil de Atlanta, nos EUA, há mais de...

Idoso catador de recicláveis pede ajuda para comprar material escolar para netos

Há alguns meses, seu Sebastião perdeu o amor da sua vida. O enterro foi extremamente difícil para o idoso. Endividado com as contas do...

Buraco de 1 milhão de km² na camada de ozônio do Ártico finalmente se fecha

Em fevereiro deste ano, foi descoberto um buraco gigantesco na camada de ozônio que cobre o Ártico. Ele foi crescendo pouco a pouco até...

Livro reúne série de fotos com gatos pintados

O escritor e cartunista Burton Silva e a ilustradora Heather Busch lançaram um livro que provocou polêmica entre os amantes de animais. “Why Paint Cats: The Ethics of Feline...

Instagram