Pelo Zoom, casal gay vence barreira da pandemia e adota bebê que lutou pela vida

Nem mesmo a pandemia impediu um casal gay de realizar o sonho da adoção! Anthony Lach e Chris More adotaram o pequeno Peter pelo aplicativo de videoconferência Zoom.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Era para Anthony e Chris, de Orlando, Flórida (EUA), adotarem Peter no dia 15 de abril. Os tribunais acabaram suspendo temporariamente todas as adoções por causa da pandemia de coronavírus.

Anthony e Chris não viam a hora de se tornarem pais de Peter. A espera acabou no último dia 14 de maio. Pelo Zoom, o casal resolveu tudo com o juiz. Logo em seguida, pegou um voo de Orlando para o Arizona para visitar Peter e, finalmente, assinar os documentos da adoção.

casal gay sentado filho colo sofá sorrindo
Anthony, Chris e Peter, família linda e feliz! Foto: Reprodução/Instagram @christophermor

Ainda no início da quarentena nos EUA, um outro juiz também usou o Zoom para acelerar uma audiência de adoção.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Peter nasceu com problemas respiratórios

Peter nasceu no dia 31 de dezembro de 2019. O parto teve algumas complicações, um dos pulmões de Peter estava inflamado, causando problemas respiratórios. Anthony e Chris sabiam de tudo isso, mas jamais pensaram em desistir da adoção de Peter.

casal gays bebe em frente casa
Foto: Reprodução/Instagram @christophermor

“Não tínhamos assinado nenhum documento ainda [ para adoção], então [as enfermeiras] não tinham permissão para nos contar nada sobre o que estava acontecendo com ele (…) Estávamos ficando assustados, mas toda vez que olhamos para ele, sabíamos que ele era nosso filho e achamos que não importava o que poderia ser, que ficaríamos com ele e venceríamos”, lembra Anthony.

homem olha bebê leito uti
Foto: Reprodução/Instagram @christophermor

Peter passou um tempo na unidade de cuidados intensivos do hospital e, milagrosamente, ficou bem de saúde, podendo ir para a casa dos pais em Orlando.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jovem realiza sonho da irmã gêmea ao doar todos seus órgãos e agora precisa da sua ajuda para quitar dívida com hospital, clique aqui.

“Vivemos um momento tão sombrio, mas havia tanta luz naquele dia que foi incrível (…) Para mim, ser pai é algo que eu sonhei desde que era muito jovem. Minha mãe me criou em uma casa unifamiliar e eu sempre jurei que seria pai e seria o melhor pai possível”, contou Anthony.

selfie casal gay bebê carrinho
Foto: Reprodução/Instagram @christophermor

casal gay saindo quarto hospital bebê
Foto: Reprodução/Instagram @christophermor

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

Homenagem

O nome do meio de Peter é Terence, uma homenagem ao pai de Chris, que morreu na Inglaterra pouco antes do nascimento do seu neto.

Peter está saudável e descobriu que tem uma meia-irmã, que também foi adotada e que vive a 48 quilômetros de distância da sua casa.

pai beijando cabeça bebe colo
Genteee, e esse olhar do Peter?! Que bebê fotogênico!! Foto: Reprodução/Instagram @christophermor

pai colocando filho dormir sofá
Foto: Reprodução/Instagram @christophermor

selfie casal gay filho bebê dormindo
Foto: Reprodução/Instagram @christophermor

bebe dormindo
Foto: Reprodução/Instagram @christophermor

E a linda história do casal gay que adotou um bebê com HIV rejeitado por 10 famílias? Relembre aqui.

Fonte: UPSOCIAL

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,415,745SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Muçulmanos arrecadam mais de U$180 mil para vítimas de ataque em sinagoga

“Nós desejamos responder ao mal com o bem assim como nossa fé nos ensina e enviamos mensagens poderosas de compaixão por meio da ação".

Motorista decora ônibus, veste-se de palhaço e distribui doces para passageiros

Ele vê na ação uma forma de incentivar as pessoas a fazer o bem umas às outras.

Escolas da Dinamarca ensinam empatia para crianças: desestímulo à competição

Em vez de ensinar o jovem a ser melhor que o colega, o currículo dinamarquês se concentra no desenvolvimento e aprimoramento das habilidades e talentos.

Morador de rua vende latinhas e doa dinheiro para a campanha “Salve Laurinha”, em SC

Os voluntários da campanha Salve Laurinha foram surpreendidos com uma doação muito especial neste final de semana. Enquanto realizavam um pedágio, na cidade de...

Instagram