Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é soropositivo: contraiu o vírus da imunodeficiência humana (HIV) ainda na barriga de sua mãe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Entre uma rejeição e outra, a pequena conheceu Damian Pighin e Ariel Vijarra, um casal argentino que estava à procura de uma criança para adotar há anos.

Assim que se encontraram pela primeira vez, eles se apaixonaram pela bebê e decidiram iniciar todo o processo legal para levarem Olivia para casa.

Damian e Ariel são o primeiro casal abertamente gay a se casar na cidade de Santa Fe, Argentina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Hoje, são pais de duas meninas adotivas: Olivia e Victoria. Eles trabalham voluntariamente em uma ONG que auxilia casais hetero e homossexuais a adotarem filhos considerados ‘indesejados’.

Olivia se juntou à família com um mês de idade, após todo o burocrático trâmite da adoção.

Os papais aguardaram pacientemente a autorização da Justiça, que se manifestou até um pouco mais rápido do que o comum. Enquanto isso, organizaram a casa e montaram um quarto especial para receber a filha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também:

Damian e Ariel aguardaram três anos para adotar uma criança. Para eles, a espera mais do que valeu a pena. “Olivia é perfeita”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando foram ao orfanato conhecê-la, o casal se apaixonou pela fofura e delicadeza da menina. Eles conseguiram segurá-la e alimentá-la no colo sem que ela chorasse uma única vez. Naquele momento, identificaram uma ‘conexão especial’.

O tratamento com medicamentos antirretrovirais controla a ação do vírus HIV, de modo que Olivia pode viver uma vida tranquila e estável, sem maiores complicações.

Segundo seus pais, graças à eficácia do tratamento, o HIV não é mais detectável no corpo da menina.

Alguns meses depois de adotarem Olivia, o casal adotou uma segunda menininha: Victoria.

Ambas têm a mesma idade, completando 5 anos no final deste ano.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Bored Panda/Fotos: Reprodução/Facebook @avijarra

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,560,438SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Novo exame de sangue pode detectar retorno de câncer em pacientes já tratados

De acordo com um estudo publicado na revista científica “Science Translational Medicine”, um novo exame de sangue pode detectar tumores que começaram a crescer...

Maestro João Carlos Martins volta a tocar piano com luvas biônicas

Em fevereiro de 2019, o pianista e maestro João Carlos Martins, reconhecido mundialmente como um dos grandes nomes da música clássica, anunciou sua despedida...

Estudante com paralisia cerebral revela talento na escrita: tudo começou com um celular

Professores e alunos da EMEF Franscisco Meirelles, de São Paulo, se mobilizaram para comprar um tablet para o estudante Marcos Gabriel Rocha, 18 anos. Essa...

Após ser humilhada por doar “bolo pequeno demais”, confeiteira recebe apoio de internautas

A Cida é muito querida no bairro em que mora por sempre fazer lindos trabalhos com as crianças. Abalada, ela recebeu muito carinho de amigos e desconhecidos.

Homem em situação de rua que prestou Enem ganha emprego e bolsa de estudos em Direito

Após vaquinha do Razões, a vida do Seu Arno mudou! Muita coisa boa aconteceu com ele, confira!

Instagram