[VÍDEOS] Casal gay enfrenta desconfiança e adota irmãos rejeitados por família biológica

Quando o casal Paulo e Tiago arrumou as malas e partiu de São Paulo rumo à Itapipoca, no interior do Ceará, para conhecer o Davi, recém-nascido, mal sabia a surpresa que estava por vir. Dali a alguns meses adotariam não só o pequeno, mas também sua irmã, Sara.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em novembro de 2018, quando chegaram ao abrigo em que Davi morava, descobriram que ele não estava sozinho, mas que tinha uma irmã de 5 anos.

[VÍDEOS] Casal gay enfrenta desconfiança e adota irmãos rejeitados por família biológica 2

 

Paulo e Tiago estão concorrendo na categoria Pai, do Prêmio Razões Para Acreditar, premiação que destaca histórias de pessoas reais. Clique aqui e vote!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

A menina foi retirada da mãe pelo Conselho Tutelar por maus-tratos. Sara foi levada para o abrigo mantido por uma Igreja Católica em abril de 2018. Davi chegou ao mesmo abrigo em agosto do mesmo ano, pouco depois da mãe biológica dar à luz.

Enquanto tudo isso acontecia, a 3.500 km de distância do Davi, Paulo e Tiago, juntos há 8 anos, participavam de todas as etapas que envolvem o processo de adoção.

pais gays sentados sofá filhos adotivos
Primeira foto do casal com os irmãos, ainda no abrigo. Foto: arquivo pessoal

Em conversa com o Razões, Paulo comentou que ele e Tiago tinham o desejo de adotar antes mesmo de se conhecerem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ex-donos e diretores do extinto Teatro Augusta, o casal entendeu que tinha chegado a hora em janeiro de 2017, paralelo ao fechamento do teatro na Avenida Paulista.

“Não que exista momento certo, mas é o momento de ter o mínimo de estrutura, principalmente mental e psicológica, para enfrentar uma coisa para a vida toda. Antes mesmo da gente se conhecer, os dois tinham esse desejo. A nossa família também, o que é muito importante“, conta Paulo.

casal gay abraçando filhos adotivos
Foto: arquivo pessoal

Um casal gay no interior do Ceará

Paulo e Tiago não faziam ideia que Davi tinha uma irmãzinha quando pôs os pés em Itapipoca. Mas mais do que a surpresa, houve um encantamento instantâneo pela menina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A mãe biológica não cuidava de Sara da forma que deveria cuidar e isso causou traumas na criança, como a dificuldade para se relacionar com as pessoas, que foi curada após receber muito amor e terapia de sua nova família.

“Quando o Conselho Tutelar foi pegar a Sara, a mãe dela disse que estava grávida e que ia dar a criança já na maternidade, que é o Davi. E por isso o conselho optou por quando Davi nascesse já o levasse imediatamente também para o abrigo”, lembra Paulo.

pais gays beijam filho adotivo
Foto: arquivo pessoal

“Assim que conhecemos o Davi, nos apaixonamos imediatamente. Mas quando a gente olhou a Sara, o encantamento foi da mesma forma. Vimos que ela já era parte da nossa família, e pensamos que não poderíamos levá-lo e deixá-la.”

“Apesar de parecer uma loucura na época, sabíamos que era o certo a fazer. Ela tinha chegado da escola com um uniforme muito maior que o seu número e estava bem magrinha. A gente queria muito cuidar daquela menininha que nunca tinha sido amada. Ela precisava da gente.”

Paulo e Tiago passavam quase o tempo todo no orfanato. E por isso mesmo conviveram com a desconfiança dos moradores de Itapipoca.

“O que dois homens estranhos andam fazendo no orfanato o dia inteiro?”, deviam se perguntar os moradores. O casal virou ‘notícia’ na cidade de pouco mais de 50 mil habitantes.

casal gay brincando filhos sofá
Foto: arquivo pessoal

“Saímos de um momento delicado das nossas vidas e mergulhamos numa realidade totalmente diferente da nossa. As pessoas ficavam perguntando…”

Adoção

O casal voltou para São Paulo sem as crianças. Antes do carnaval do ano seguinte, Paulo e Tiago viajaram novamente para Itapipoca para a audiência de adoção de Davi e Sara.

“E lá nós abrimos o nosso coração. A Sara já nos reconhecia como pais e tirar isso dela naquele momento custaria uma vida para ela. O Davi era um bebê, qualquer família poderia adotá-lo”, disse Paulo.

[VÍDEOS] Casal gay enfrenta desconfiança e adota irmãos rejeitados por família biológica 3
Foto: arquivo pessoal

“O juiz foi muito atencioso, só queria nos escutar. Estava preocupado apenas com a relação da criança com a gente. Ele viu que estávamos sofrendo e que seria difícil para a Sara [não ser adotada].”

Felizmente, o juiz deu a guarda dos irmãos para Paulo e Tiago. Não importava a orientação sexual do casal, pelo contrário. A decisão se baseou no relatório da psicóloga que acompanhou todo o processo e viu no casal os melhores pais para Davi e Sara.

Dois anos depois, a família vive feliz em São Paulo. Davi, de 2 anos, que nunca conheceu a mãe, tem os pais como referência absoluta. Sara, hoje com 7 anos, se tornou uma menina doce e amorosa.

[VÍDEOS] Casal gay enfrenta desconfiança e adota irmãos rejeitados por família biológica 4
Foto: arquivo pessoal

A paternidade, assim como a maternidade, é cheia de desafios – principalmente, para pais de primeira viagem. Se um dia você bater na casa da família, é provável que encontre Paulo e Tiago descabelados, desdobrando-se para realizar o papel que eles escolheram para a vida toda: o de pai. “Estamos felizes!”, finaliza Paulo.

Para quem quiser conhecer mais sobre o dia a dia da Família Pessoa Tardivo, eles postam vídeos divertidos com as crianças no TikTok, onde já contam com mais de 200 mil seguidores, e também no Instagram.

@familiapessoatardivo

Atendendo a pedidos! #pravoce #foryoupage #foryou #fy #fyp #casal #casalgay #gay #lgbtq #quarentena #ficaemcasa #tiktokbrasil #familia

♬ A Sky Full of Stars – Coldplay

@familiapessoatardivo

TROLLAMOS nossa FILHA! #rotinanaquarentena #quarentena #ficaemcasa #foryou #pravoce #foryoupage #casal #gay #casalgay #fyp #fy #comediahumor

♬ som original – Família Pessoa Tardivo

Toda a felicidade do mundo para essa família linda! 🥰

 

Paulo e Tiago estão concorrendo na categoria Pai, do Prêmio Razões Para Acreditar. Clique aqui e vote!

 

[VÍDEOS] Casal gay enfrenta desconfiança e adota irmãos rejeitados por família biológica 2

[VÍDEOS] Casal gay enfrenta desconfiança e adota irmãos rejeitados por família biológica 6

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




[VÍDEOS] Casal gay enfrenta desconfiança e adota irmãos rejeitados por família biológica 7

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,971,659SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cachorro acalma jovem autista que se debatia durante ataque de pânico

Para a jovem australiana Hayley Martin, seu cão Marley é muito mais do que apenas um animal de estimação. É um membro vital da...

Empresa cria laptop ecológico, feito de madeira e que funciona com energia solar

Uma empresa peruana acaba de ganhar o prêmio Start Up Peru por uma criação incrível e muito importante: o WAWA Laptop. O notebook é feito...

Seis invenções que você provavelmente nunca ouviu falar

Você tem acesso aos lugares mais remotos da internet, pode visitar bibliotecas online e se conectar a mentes brilhantes. Porém, é triste dizer isso,...

Richard Gere leva água e comida a navio humanitário com 121 imigrantes

O ator Richard Gere, 69 anos, se deslocou até o Mar Mediterrâneo, próximo ao litoral da Itália, com centenas de quilos de alimentos e...

Experiência com palavras positivas e negativas muda forma de arroz em escola no Paraná

Professora de Curitiba fez experimento para mostrar aos seus alunos a força que as palavras têm.

Instagram

[VÍDEOS] Casal gay enfrenta desconfiança e adota irmãos rejeitados por família biológica 8