Na cozinha de casa, casal cria máscaras de proteção extra para profissionais de saúde no PR

Um casal paranaense está aproveitando o tempo livre em meio ao isolamento social para confeccionar e distribuir máscaras de proteção extra aos profissionais de saúde de Foz do Iguaçu (PR) contra o coronavírus (Covid-19).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O engenheiro eletricista Tácio Fonseca Demarchi, 40 anos, e a dona de casa Katiane Moreira Demarchi, também de 40, criaram uma “linha de produção” na cozinha de casa.

Sobre a mesa de jantar, eles recortam pedaços de acetato (um tipo de plástico bastante resistente), espaguete de piscina e fazem a montagem artesanal com grampeador, elástico de roupa e fita dupla face.

Casal linha de produção cozinha de casa confeccionar máscaras paraná
Foto: Reprodução/Facebook @izabelleferrari

De acordo com Katiane, o caminho até a melhor versão da máscara foi longo. Ela e o marido testaram diversos tipos de colas até chegarem à fita dupla face: Super Bonder, cola branca, cola de tecido etc., todas sem sucesso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A recomendação da fita dupla face veio da médica obstetra e ginecologista Wang Chih Hui, que decidiu ajudar o casal lançando uma campanha nas redes sociais pedindo doações de material e apoio voluntário na fabricação das máscaras.

Casal linha de produção cozinha de casa confeccionar máscaras paraná
Foto: Reprodução/Facebook @izabelleferrari

A campanha foi um sucesso: arrecadou cerca de R$ 1 mil, suficientes para a compra da matéria-prima e confecção dos equipamentos, além de receber o apoio de empresas da cidade, que doaram suprimentos.

“Neste momento, está difícil comprar material de proteção e, se comprar, pode não chegar a tempo”, justifica a médica. “Então decidimos fazer o que está ao nosso alcance,” disse.

Casal linha de produção cozinha de casa confeccionar máscaras paraná
Foto: Reprodução/Facebook @izabelleferrari

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tácio e Katiane se inspiraram em um projeto do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (RS), que tomou a iniciativa de produzir máscaras faciais de baixo custo para oferecer à rede pública em vista da falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) disponíveis no mercado.

“Não somos capazes de produzir máscaras no padrão da Anvisa, mas essas máscaras caseiras vão servir para proteger os olhos, o nariz e a boca dos profissionais de saúde dos respingos de secreção”, disse a paranaense.

Casal linha de produção cozinha de casa confeccionar máscaras paraná
Foto: Reprodução/Facebook @izabelleferrari

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em menos de uma semana, com seis horas de trabalho diário, conciliados com o cuidado dos dois filhos, o casal fabricou 130 máscaras – todas entregues ao Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus em Foz do Iguaçu.

O trabalho está longe de acabar: Katiane e Tácio aguardam a chegada de mais matéria-prima. “Soubemos que em cidades muito próximas daqui há profissionais da área da saúde usando óculos de cortar grama por falta de acesso a material mais adequado. Essa é nossa motivação!”, afirmou Katiane.

Casal linha de produção cozinha de casa confeccionar máscaras paraná
Foto: Reprodução/Facebook @izabelleferrari

Confira o post na íntegra:

Leia mais boas notícias em meio ao coronavírus clicando aqui.

Durante o Mês da Mulher, nós aqui do Razões junto com O Boticário contaremos histórias de mulheres que ajudam mulheres. Vamos falar sobre essa linda rede de apoio, para mostrar que #SomosFeitasDeTodas. Acesse as histórias aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,780,571SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Empresário cria casas compartilhadas para comer, trabalhar, aprender e lavar roupa em SP

Com apenas 34 anos, o empresário Wolf Menke, de Paulínia, interior de SP, está  transformando o bairro de Pinheiros, em São Paulo, com quatro empreendimentos de economia compartilhada. Com...

Jovem adota filhote surdo e lhe ensina a língua de sinais para brincar com ele

Um cãozinho chamado Emerson foi covardemente abandonado por um dono que não o queria ter por perto. Ele nasceu completamente surdo, com limitações na...

Crianças cantam ‘Parabéns’ baixinho para não chatear a amiga aniversariante, que tem autismo [VIDEO]

A gente tem que aprender muito com as crianças, a começar pela empatia extraordinária que elas exibem no dia a dia. Alguns dias atrás, a...

Desconhecido ajuda mãe a acalmar filhos pequenos chorando no avião

"Eu sinceramente pensei que seríamos expulsos do avião"

No CE, filha e pai faxineiro são aprovados juntos em universidade federal

Entrar na faculdade depois de passar pelo tão temido vestibular já é emocionante por si só, imagina então quando pai e filha entram ao...

Instagram