Casal cria memoriais de vidro com cinzas de entes queridos falecidos 

A partir de uma curiosa e inovadora ideia de homenagear entes queridos falecidos, um casal norte-americano tem criado verdadeiras obras de arte de tirar o fôlego.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Greg e Christina Dale se especializaram em transformar as cinzas cremadas de falecidos em incríveis esculturas e pingentes de vidro coloridos.

Desde que eles começaram a trabalhar com isso, mais de 50 mil ‘memoriais’ foram construídos e entregues para as famílias dos falecidos. Para eles, esta é uma maneira, mesmo que pouco usual, das famílias superarem a morte de seus entes queridos.

Casal memoriais feitos cinzas entes falecidos
Memorial de Greg para seus avós, Maynard e Claudia

Foi Greg quem teve a ideia, pouco depois de descobrir que seu pai poderia morrer em breve, o que não aconteceu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Artesã transforma roupas de pessoas falecidas em ursinhos de pelúcia

“Quase perdi meu pai para uma cirurgia”, disse. “Estávamos analisando as opções se eu o perdesse e o que eu faria em seguida, daí tive essa ideia”, explica.

Casal memoriais feitos cinzas entes falecidos

“Ter minhas cinzas levadas para o espaço, serem transformadas em fogos de artifício ou torná-las parte de um recife de corais foram algumas das ideias que pensamos”, afirmou.

“Mas eu percebi que as pessoas buscam algo para curá-las do luto, então achei que as artes em vidro ajudariam.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Casal memoriais feitos cinzas entes falecidos

Felizmente, o pai de Greg se curou da doença, e a ideia não foi executada. Entretanto, Greg levou a iniciativa adiante com as cinzas dos avós, que faleceram anos antes.

Leia também: Jovem escreve para pai falecido e recebe resposta incrível do novo dono do telefone

Desde a fundação da Artful Ashes (Cinzas Artísticas, em tradução livre) em 2012, Greg e Christina já criaram mais de 50 mil memoriais, esculturas e pingentes de vidro para os finados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Casal memoriais feitos cinzas entes falecidos

Para que a obra seja criada, é necessário enviar ao casal pelo menos uma colher de sopa de cinzas para que os artistas confeccionem um memorial, o que pode levar até quatro semanas.

Leia também: Internautas atendem pedido de mãe para retocar foto de filho falecido em BH

Cada peça pode custar até US$ 185 (R$ 740), um valor ignorado pelas famílias, dado o caráter inestimável dos memoriais entregues e o que há dentro deles.

Casal memoriais feitos cinzas entes falecidos

Caso você deseje encomendar um memorial ou conferir mais do impressionante trabalho do casal Dales, pode acessar o site deles clicando aqui.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: GNN/Fotos: Reprodução/Artful Ashes

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,258,127SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Gesto de bondade se transforma em lição de vida para um pai e sua filha

Joey Mustain e a filha, Stella, estavam em um restaurante quando testemunharam um momento que foi uma verdadeira lição de vida para a menina. Tudo...

Mulher dá café da manhã para pacientes com câncer em hospital de BH

A Renata Medeiros, 45 anos, enfrentava um câncer de mama agressivo quando identificou que muitos pacientes não se alimentavam por não terem condições. Foi...

Ensaio nu de Theo Barreto é um símbolo de liberdade e empoderamento trans

O carioca Theo Barreto, de 23 anos, mandou um recado para a sociedade que ainda não aprendeu a lidar com a diversidade: “a revolução...

Cidade inglesa é tomada por hortas que oferecem alimentos gratuitos a seus moradores

Todmorden é uma pequena cidade na Inglaterra com apenas 17 mil habitantes.  Apesar do tamanho, a cidade colocou em prática um grande projeto de...

Policial visita menino para tranquilizá-lo sobre ‘monstros escondidos’ em seu quarto

O garoto de imaginação fértil passou a se recusar dormir sozinho em seu quarto por medo de ser 'atacado' pelos monstros e vilões que acreditava estar à espreita na nova casa.

Instagram