Casal morre na mesma UTI depois de 50 anos juntos

Wilson e Inês Félix não passaram pela experiência amarga de ver a pessoa que mais ama partir e ter que suportar a saudade dos anos que o casal viveu junto intensamente. Os dois morreram na mesma UTI, em São Paulo, com a diferença de apenas uma hora.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Existem poucas informações de como Wilson e Inês se conheceram, segundo a Folha de S. Paulo. O que se sabe é que os dois trabalhavam na região da Avenida Paulista. Alguns relatos dizem que Wilson, sempre muito vaidoso, vivia às voltas do salão de cabeleireiro onde Inês trabalhava.

Leia também: Mesmo doente e debilitado, senhor faz surpresa no hospital para a esposa, no Dia dos Namorados

Wilson era um cara descolado para a época. Andava com calças boca de sino, camiseta aberta, mocassim, bigode e costeletas – um “pão”. Fazia questão de andar perfumado e bem penteado. Levou para a vida o hábito de ter pelo menos um pente no bolso da calça, como aquele redondo de encaixe nos dedos.

Inês, uma ‘baixinha bonita’, diz o irmão Eduardo, parou os estudos na pré-adolescência para ajudar a família, indo trabalhar na olaria de tijolos do pai. Quando completou 18 anos, foi trabalhar na matriz do Jacques Janine na Augusta, onde desenvolveu o gosto pela cultura francesa. Ela era apaixonada pelas músicas de Charles Aznavour. Recentemente, Inês viveu a emoção de assistir a um show do seu ídolo pela primeira vez.

Wilson e Inês casaram-se no início da década de 1970. Meio século depois, no último dia 24, ambos estavam internados na mesma UTI. Ela, em decorrência de problemas respiratórios por causa do vício do cigarro. Ele, por uma série de complicações provocadas pelo abuso de bebida.

Leia também: Depois de anos pedindo irmão, menino realiza sonho e fotos emocionam

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os médicos avisaram que os órgãos de Inês estavam parando de funcionar. Cercada pela família, Inês se foi aos 69 anos. Enquanto os parentes rezavam por ela, outro aviso médico. Ao lado, o coração de Wilson, 72 anos, não resistiu à saudade de Inês. Os dois morreram em um intervalo menor do que uma hora.

O casal deixou três filhos (Wilson Júnior, Andreia e Gabriela), seis netos e um bisneto. Inês ainda deixou a mãe e dois irmãos. Wilson, uma irmã.

crédito da foto: Arquivo pessoal

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

985,165FãsCurtir
1,732,947SeguidoresSeguir
8,547SeguidoresSeguir
11,100InscritosInscrever

+ Lidas

Bióloga que salvou Arara Azul da extinção vira personagem da Turma da Mônica

Na última terça-feira (11), foi celebrado o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência. Para comemorar a data, a Mauricio de Sousa Produções...

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Juiz vai até a casa de idosa para lhe conceder aposentadoria

Um  caso incomum aconteceu há alguns meses, onde um juiz foi até a casa de uma senhora de 100 anos para conceder aposentadoria a ela. O...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Neto faz “antes e depois” e homenageia avó em seu aniversário de 99 anos

A homenagem de um neto para sua avó no dia do seu aniversário de 99 anos comoveu as redes sociais nesta quinta-feira (13). Iury Neto,...

Instagram