Casal troca jantar de casamento por doações para desabrigados em Porto Alegre

O casal de gaúchos Marcelo Ferreira e Eve Borba Ferreira tinham o costume de comemorar o aniversário (mensal) do seu casamento em um restaurante. Só mesmo um casal apaixonado para celebrar, todo mês, sua união, com um jantar delicioso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, esse jantar não saía por menos de R$ 300, R$ 200. Se você parar para pensar, é um dinheiro que dá para alimentar muitas pessoas que não fazem sequer uma refeição por dia. Façamos as contas: se uma quentinha custa R$ 10, com esse dinheiro, é possível matar a fome de 30, 20 moradores em situação de rua.

Foi o que o casal decidiu fazer e não demorou muito tempo para que amigos e familiares, sensibilizados pela sua solidariedade com quem mais precisava, apoiassem a iniciativa. Desde que seus planos mudaram, Marcelo e Eve saem às noites de sábado para levar doações à população de rua de Porto Alegre. Além de uma janta quentinha, no carro, vão agasalhos, cobertores e o que mais eles puderem levar.

Mas, a gente sabe que barriga cheia nem sempre é sinônimo de felicidade. Isto é, essas pessoas, mais do que alimento, NECESSITAM de alguém com quem possam desabafar sobre seus problemas ou jogar conversa fora, como qualquer outra pessoa – pois, sim, estamos falando de pessoas, e devemos tratá-las como tal.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Marcelo e Eve conhecem como poucos essa necessidade, que só descobrimos no corpo a corpo, nos aproximando dessas pessoas sem pré-conceitos e com o coração aberto. Além da janta e da sobremesa, eles distribuem abraços e muito carinho. Também se dispõem a escutar as angústias e problemas de quem quer desabafar.

“Muita gente pergunta se não temos medo, pois vai sempre só nós dois para as doações. A única coisa que respondo é que não posso ter medo do meu semelhante que estão nesse momento precisando de alimento, carinho e um agasalho”, disse Marcelo ao Razões para Acreditar.

No mês passado, o casal abraçou a ideia da filha mais velha, de 10 anos. Além de ajudar a população de rua, eles começaram a ajudar um orfanato, com alimentos, roupas e brinquedos. “É gratificante e o mais legal disso tudo é conseguir levar nossas filhas nessas ações sociais. Estamos plantando a sementinha do bem nas pequenas pra que elas sigam esse nosso trabalho!”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Demais essa família, não é mesmo? 😉

Fotos: Reprodução / Facebook

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino de 9 anos usa sua mesada para comprar livros para detentos

"Se essas pessoas começarem a ler, vão ocupar a mente"

Homem controla a bipolaridade com ajuda da arte e muda o rumo de sua vida

Sabia que o manganês também ajuda a salvar vidas? Este minério faz parte da rotina do artista Edson Luiz Antunes, de 58 anos, que...

Empresa ajuda famílias que sofreram violência doméstica a fazer mudança de graça

A Meathead Movers é uma empresa de mudança com sede na Califórnia. Ela fez parceria com a organização sem fins lucrativos Good Shepherd Shelter para ajudar...

Plataforma de ensino gratuita melhora desempenho de alunos: ‘antes tirava 6, 7. Agora tiro 9, 10’

Criada em 2008, a Khan Academy é uma plataforma de vídeos online de educação livre, gratuita e sem fins lucrativos criada por Sal Khan,...

[VÍDEO] Filha viraliza com post emocionante que mostra o amor de seus pais há mais de 20 anos

Para aqueles que insistem em não acreditar no amor, nada com uma história real! No último fim de semana, a Alana Bernardes, que acabou de...

Instagram