Parlamento de Moçambique finalmente proíbe casamento infantil

O Parlamento de Moçambique, nação de 28 milhões de habitantes no sudeste africano, aprovou um projeto de lei que proíbe o casamento e quaisquer uniões entre adultos e jovens com idade inferior a 18 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A nova legislação também impõe uma pena de até 12 anos de prisão para o adulto que tentar se casar com crianças.

A criminalização do casamento infantil é mais uma boa notícia em um país em constante evolução e transformação social. Em 2015, a nação africana derrubou um decreto da era colonial que condenava e perseguia integrantes da comunidade LGBT.

Parlamento de Moçambique proíbe casamento infantil
Foto: Cristiana Soares/Reprodução

Criminalização do casamento infantil

De acordo com o texto aprovado, o familiar que obrigar uma criança ou adolescente a se casar será punido com até 8 anos de prisão. Já aquele que se casar, receberá uma pena de 12 anos, mais a aplicação de multa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Batizada de Lei de Prevenção e Combate às Uniões, o projeto foi encaminhado ao parlamento moçambicano há cerca de dois anos, endossado por cerca de 50 organizações da sociedade civil que integram a Coligação para a Eliminação de Casamentos Prematuros.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por UNICEF Moçambique (@unicef_mozambique) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A aprovação do texto ajudará o estado a combater o altíssimo número de casamentos infantis forçados no país, um dos maiores do mundo.

Hoje, as províncias de Nampula, Zambézia, Cabo Delgado, Tete e Manica, no norte e centro do país, são as mais afetadas com esta realidade.

Leia também:

O presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, deve agora promulgar e publicar a lei no Boletim da República para que esta entre em vigor imediatamente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: RFI/Foto destacada: Reprodução/A Crítica

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Parlamento de Moçambique finalmente proíbe casamento infantil 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,970,307SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Foto de torcedor são-paulino ajudando um deficiente visual corinthiano no metrô viraliza na web

A gente já disse aqui no Razões - mais de uma vez, que a empatia é a ferramenta que vai mudar o mundo e...

População do Rio abre suas próprias casas para receber atletas

O “Golden Guest” é um tipo de Air BnB para atletas olímpicos no Rio de Janeiro. Ele foi criado por um grupo de cariocas...

Ex-segurança de hospital volta a trabalhar no local, mas como médico residente

Russell Ledet tem 34 anos e é um veterano da Marinha dos EUA. Ele trabalhou por cinco anos como segurança no Baton Rouge General...

Professores incentivam alunos a fazer afirmações positivas antes de entrar na sala de aula

Professores de uma escola primária de Atlanta, nos EUA, criaram uma simples, mas inspiradora iniciativa para fomentar a autoestima dos estudantes. Segurando um espelho, eles...

Professora cria projeto para ajudar pessoas que pedem dinheiro no semáforo

Ela teve a ideia de fazer panfletos com informações de entidades e instituições de Bauru que poderiam oferecer auxílio a essas pessoas e tirá-las das ruas.

Instagram

Parlamento de Moçambique finalmente proíbe casamento infantil 3