Parlamento de Moçambique finalmente proíbe casamento infantil

O Parlamento de Moçambique, nação de 28 milhões de habitantes no sudeste africano, aprovou um projeto de lei que proíbe o casamento e quaisquer uniões entre adultos e jovens com idade inferior a 18 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A nova legislação também impõe uma pena de até 12 anos de prisão para o adulto que tentar se casar com crianças.

A criminalização do casamento infantil é mais uma boa notícia em um país em constante evolução e transformação social. Em 2015, a nação africana derrubou um decreto da era colonial que condenava e perseguia integrantes da comunidade LGBT.

Parlamento de Moçambique proíbe casamento infantil
Foto: Cristiana Soares/Reprodução

Criminalização do casamento infantil

De acordo com o texto aprovado, o familiar que obrigar uma criança ou adolescente a se casar será punido com até 8 anos de prisão. Já aquele que se casar, receberá uma pena de 12 anos, mais a aplicação de multa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Batizada de Lei de Prevenção e Combate às Uniões, o projeto foi encaminhado ao parlamento moçambicano há cerca de dois anos, endossado por cerca de 50 organizações da sociedade civil que integram a Coligação para a Eliminação de Casamentos Prematuros.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por UNICEF Moçambique (@unicef_mozambique) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A aprovação do texto ajudará o estado a combater o altíssimo número de casamentos infantis forçados no país, um dos maiores do mundo.

Hoje, as províncias de Nampula, Zambézia, Cabo Delgado, Tete e Manica, no norte e centro do país, são as mais afetadas com esta realidade.

Leia também:

O presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, deve agora promulgar e publicar a lei no Boletim da República para que esta entre em vigor imediatamente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: RFI/Foto destacada: Reprodução/A Crítica

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,275,963SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pesquisadora baiana encontra substituto de agrotóxico em folhas de eucalipto

Uma alternativa aos agrotóxicos, o óleo extraído das folhas de eucalipto é um defensivo natural, que não traz riscos ao meio ambiente e à saúde humana.

Casal faz festa para seu cãozinho e arrecada ração para abrigo de animais. A roupinha dele é a melhor!

Patrick é um cão da raça Galgo Italiano e, no último final de semana, completou 1 aninho. Os tutores Alice Bertolli e Lucas Tozo...

OMS não considera mais a transexualidade como doença mental

A Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a transexualidade da lista de doenças mentais da Organização das Nações Unidas (ONU).

Algumas verdades sobre a mulher a e educação, por Viviane Mosé

Toda vez que ouço falar o nome Viviane Mosé, eu paro para escutá-la, pois sei que muita coisa boa, interessante e inteligente está por...

Empresa inova e lança casa impressa em 3D com argila local que promete revolucionar

Quando você iria imaginar, há poucas décadas, que pudéssemos construir uma residência em poucos dias? Atualmente isto já é possível graças à tecnologia e...

Instagram

Parlamento de Moçambique finalmente proíbe casamento infantil 2