Com impressão 3D, designer de MT reconstrói casco de jabuti que perdeu proteção em incêndio

Usando a impressão 3D a seu favor, o designer Cícero Moraes, de Sinop (MT), reconstruiu o casco de um jabuti que perdeu sua proteção natural após ser vítima de um incêndio em 2015.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por sua contribuição ao réptil e à ciência, o rapaz entrou para o ‘Guinness Book 2022’ – o livro dos recordes –, já que esta é primeira prótese de casco de jabuti feita em impressora 3D no mundo.

A notícia pegou o designer de surpresa: no início, pensou até que era uma pegadinha. O livro dos recordes foi lançado no último dia 14.

“Só acreditei quando entrei no link oficial e vi o nome do grupo que ajudou na reconstrução. Quando criei o casco não esperava isso. Estava preocupado em saber se a prótese iria funcionar. O medo do insucesso estava presente. Felizmente, deu certo e o estouro midiático foi um bônus que nos trouxe muita honra e alegria”, disse.

designer reconstrói casco de jabuti com impressão 3d

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jabuti sobreviveu a incêndio e duas pneumonias

Cícero explica que o jabuti ficou muito ferido em um incêndio florestal que tomou partes de Brasília há cinco anos.

Além de ter quase todo o corpo queimado, o animal sobreviveu a duas crises de pneumonia e 45 dias sem comer, antes de ser encontrado pelo grupo de voluntários ‘Animal Avengers’.

Os cuidadores encaminharam o jabuti para um veterinário especialista em animais silvestres. Sem o casco, ele não conseguiria ficar muito tempo no sol, além de estar sempre exposto a ataques de outros predadores.

designer reconstrói casco de jabuti com impressão 3d

No veterinário, o jabuti foi batizado de ‘Fred’, em referência ao personagem Fred Krueger do filme de terror ‘A Hora do Pesadelo’. Meses depois, os cuidadores descobriram que, na verdade, o jabuti era a jabuti e passaram a chamá-lo de ‘A Fred’.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando foi resgatada, Fred tinha apenas um restinho de casco, que logo caiu. Ela ficou totalmente desprotegida. Solicitei várias fotos dela e de um jabuti de estimação de um colega de Sinop para fazer o parâmetro. Depois, joguei tudo no computador e fui reconstruindo a volumetria”, explicou.

Casco reconstruído com impressão 3D

O designer conta que quando o réptil chegou na clínica, tinha larvas de insetos na região onde o casco foi destruído. Enquanto recebia o tratamento em Brasília, ele preparava o novo casco em Mato Grosso.

“Fizemos a reconstrução a partir das fotos. O mais difícil foi dividir essa próstese em quatro partes. Nunca tínhamos feito isso e não podíamos errar. A impressão 3D foi um processo extremamente complexo”, contou Cícero.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao todo, as peças maiores do ‘mosaico’ que reconstruiu o casco de Fred levaram mais de 50 horas para serem impressas. As menores, de 28 a 35 horas. O projeto demorou cerca de um mês para ser concluído.

A prótese foi instalada na jabuti pelos veterinários Roberto Fecchio, Rodrigo Rabello e Matheus Rabello, e pelo cirurgião dentista Paulo Miamoto.

“Assim que a jabuti voltou da anestesia, o primeiro movimento dela foi se esconder no casco e essa foi uma prova concreta de que o projeto deu certo. Todos ficaram muito contentes”.

Ainda em 2016, um engenheiro local fez uma pintura realista no casco para completar o projeto e, desde então, o animal vive em um espaço reservado na casa do veterinário que fez os primeiros socorros.

Veja também:

Fonte: O Lado Bom das Coisas
Fotos: Cícero Moraes / Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,833,017SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina de 4 anos ensina sobre respeito com toda sua doçura em música

Não pode odiar o amiguinho que pensa diferente, né, Mariane?

Morre bebê adotada por jovem de 18 anos e mãe promete continuar ajudando crianças especiais

Essa notícia é de partir o coração, gente. Ester, que tinha paralisia cerebral, se alimentava por sonda, e sofria maus-tratos da mãe biológica, foi...

Filha faz homenagem ao pai que sempre cuidou da família e havia deixando seus sonhos para trás

É incrível como nossas vidas podem mudar conforme os anos passam, não é mesmo? Quem postou esta homenagem foi Francielle Silvano Cardozo e nós...

Idosa comemora aniversário de 100 anos com show particular de stripper

A idoso estava tão animada com a performance do dançarino que acabou com chantilly no rosto. Ela também adorou passar óleo de bebê no corpo do dançarino.

Pai reencontra filho sequestrado quando era bebê após 24 anos de buscas na China

Uma família chinesa não poupou esforços ao longo de 24 anos para encontrar seu filho, que foi sequestrado quando bebê. Gangtang, o pai de Guo Xinzhen...

Instagram