Catadores de Alagoas ganham bikes de cargas para evitar crueldade com cavalos

E se, em vez de usar os cavalos e outros animais para carga, os trabalhadores pudessem usar bikes?

As bikes começaram a surgir como ideia pois muitas pessoas indagaram o fato de como esses trabalhadores conseguiriam continuar seus trabalhos de recolhimento de reciclados na rua sem os cavalos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pois o Governo de Alagoas teve uma ideia para resolver essa questão: catadores de entulho receberam 30 bicicletas de carga que ajudarão no trabalho diário por toda a capital, elas são chamadas de Ciclolix.

A ação faz parte do Projeto Relix, que incentiva a conscientização a respeito da correta destinação do lixo e a reciclagem. O evento realizado na orla da Pajuçara contou também com exposição fotográfica e uma peça de teatro.

[Matéria continua depois do vídeo abaixo]

Convidamos cinco mulheres que enfrentaram o câncer de mama para falar sobre suas experiências. Mas elas não sabiam que, durante a gravação do vídeo, seriam surpreendidas. Nesta linda homenagem, as filhas presenteiam suas mães com um sutiã especial (para quem viveu o câncer) acompanhado por uma prótese externa, uma espécie de enchimento que encaixa na lingerie. Assista o vídeo e prepare o lencinho:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As bikes de carga também trazem dignidade para os catadores.

“Essa bicicleta é muito maravilhosa. Sou catadora há 3 anos e ela vai ajudar bastante no trabalho, vai agilizar. Aí, além de catar os entulhos, aproveito para malhar as pernas pedalando”, brincou Maria Goreti da Silva Batista, em entrevista ao G1.

“Elas [as catadoras] ficam emocionadas, agradecem pelo que fizemos por elas. Isso me deixa feliz, mas triste também, pois estamos muito atrasados com relação à sustentabilidade. Há muita coisa que ainda podemos e devemos fazer para cuidar de nosso planeta”, afirma Lina, idealizadora do projeto.

O projeto Relix é patrocinado pelo Sesi Alagoas, com apoio institucional da Secretaria de Estado Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado de Alagoas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ciclolix

Em cada escola e indústria por onde passar, o Relix também vai expor a Ciclolix, a bicicleta coletora, com resíduo reciclado limpo, que levará o espectador a conhecer, refletir e criar uma nova e adequada consciência sobre a lei do Aterro Sanitário, sobre a importância dos catadores de lixo, sobre a reciclagem, sobre a logística reversa e, sobretudo, a urgente necessidade de redução do lixo gerado por cada indivíduo.

Cada instituição envolvida vai firmar um acordo de colaboração com a cooperativa de catadores mais próxima geograficamente para que o lixo tenha destinação adequada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de Só Notícia Boa / G1 e Agência Alagoas.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

‘Papo Liberta’ engaja escolas de SP na luta contra a violência sexual infantil

Ao longo de um semestre, estudantes de seis escolas foram provocados a refletir sobre as raízes da violência de gênero e contra crianças e adolescentes.

[VÍDEO] Mães de autistas nos ensinam sobre amor incondicional e desafios desse incrível ‘mundo azul’

Marcelina, Cinthya e Efigênia. Três mães que encaram diariamente os amores e as dores de ter um filho com Transtorno do Espectro Autista, o...

Projeto de preservação tira a arara azul da lista de animais em extinção

Um símbolo do Pantanal, a arara azul foi ameaçada de extinção no fim dos anos 80, na época, a bióloga Neiva Guedes, resolveu dedicar-se à...

Ferramenta no WhatsApp tira suas dúvidas sobre reciclagem

A Nestlé lançou o Ecobot, uma ferramenta dentro do WhatsApp que tira dúvidas e orienta os consumidores sobre como descartar corretamente o lixo. A tecnologia...

Prefeitura disponibiliza banho quente para moradores de rua em Ponta Grossa (PR)

O mês de julho chegou com temperaturas bem abaixo da média em todas as regiões do país. À noite, talvez não haja nada melhor do...

Instagram