Após projeto, catadores de recicláveis testam carroças elétricas e de bambu em São Paulo

0
1796
Projeto Carroças do Futuro

Olha que notícia bacana! Vocês lembram o projeto Carroças do Futuro, desenvolvido pelo pessoal da Pimp My Carroça, agora em 2020? Recebemos a notícia de que os catadores de recicláveis agora estão testando carroças elétricas e de bambu, melhorando não apenas sua renda, mas a qualidade no trabalho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja só:

catador com sua carroça de bambu
Foto: Pimp My Carroça

Projeto tem parceira da Nestlé e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT)

O Carroças do Futuro surgiu em 2019 com o propósito de fabricar e distribuir carroças feitas com um material mais sustentável e funcional, com peso que traria menos problemas para os coletores.

Além disso, os protótipos de triciclos elétricos e carroças entregues pelo projeto têm um baixo custo de fabricação, o que gera um maior número de entregas, ajudando muito mais coletores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Inicialmente, a ideia era uma parceria entre o Instituto Clima e Sociedade (ICS) e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT). E, desde 2020, a Nestlé também começou a apoiar o projeto e ele ganhou ainda mais força.

pimp my carroça
Reprodução: CicloVivo

Carroças elétricas

Os testes com carroças elétricas começaram em janeiro e parece que agradou bastante. Adriane Andrade, coordenadora do projeto, disse que a boa avaliação recebida dos coletores deixou todos muito mais animados para novas entregas.

“Pretendemos replicar este protótipo de carroça elétrica através da aplicação de projetos piloto em microrregiões para avaliarmos o desempenho das carroças e coletarmos evidências também em relação ao aumento da capacidade da coleta seletiva e sobre as melhorias nas condições de trabalho e renda dos catadores”, conclui.

Carroças do Futuro
Para a continuidade ao Carroças do Futuro e ampliação do projeto, a organização está em busca de novos parceiros e investidores. Foto: Pimp My Carroça

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A nova carroça elétrica possui uma velocidade máxima de 5 km/h, motor elétrico com função ré e alguns itens de segurança que ajudam na locomoção do coletor, como freio, buzina, setas, rastreadores via GPS e farol dianteiro e traseiro.

Cada carroça ainda tem a capacidade de carga de até 400 Kg. A recarga das baterias possui a duração de 6h e são recarregáveis em tomada comum.

Pimp My Carroça
Foto: Pimp My Carroça

Carroças de bambu

Além das carroças elétricas que já estavam em teste, o projeto disponibilizou em janeiro carroças ainda mais sustentáveis e leves, feitas de bambu. A ideia é avaliar a resistência dessa matéria-prima para fabricação de outros modelos de carroças no futuro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O bambu promove benefícios ecológicos em sua produção e reduz a necessidade do uso de ferro extraído por mineradoras para sua estrutura.

Pimp My Carroça
Coletores iniciaram testes com carroças de bambu. Foto: Pimp My Carroça

“O Carroças do Futuro é uma inovação sustentável para ajudar o trabalho dos catadores de materiais recicláveis autônomos a trabalharem com maior eficiência, gerar maior renda e promover qualidade de vida. É a valorização para quem de fato realiza a coleta seletiva. Eles trazem uma solução para nossa cidade e hoje não são reconhecidos, trabalhando de forma insalubre e pouco remunerada”, afirma Adriane.

Olha só o Giovani, um dos catadores beneficiados pelo projeto, testando a primeira carroça de bambu:

Parabéns mais uma vez, pessoal!

Fonte: CicloVivo

Conheça no Cafezoom a história da Marina Aguiar, que foi milagrosamente curada de um câncer, formou-se em Medicina e fez residência em Hematologia no mesmo hospital onde finalizou seu tratamento. Saiu como paciente, voltou como médica!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.