Cearense cria minicomputador programável a partir de sucatas de lixo

O professor Daniel Chagas queria melhorar  as aulas de programação que ministra em uma escola da rede pública em Fortaleza, para isso, criou o “Marminino“, uma placa de computador programável.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A invenção feita a partir de sucata é capaz de desenvolver projetos, protótipos e até pequenos robôs com baixo custo e peças recicladas.

“Ao usar uma placa de prototipação, a lógica de programação se torna concreta no momento em que o aluno pisca seu primeiro led. Mas a burocracia em comprar essas placas, aliada ao alto custo de importação impede que possamos comprar para toda a escola”, explica o professor em entrevista à Tribuna do Ceara, que precisava de 40 placas para dar aulas, porém, o colégio tinha apenas de 10.”Daí veio a necessidade de criar as placas com materiais da própria instituição”.

A placa é feita de fenolite caseira, um processador, dois leds, uns poucos capacitores e resistores, e pinos de conexão. “A diferença maior é que ela é alimentada por pilhas, já que um aluno da rede pública não tem acesso a baterias de lítio ou algo parecido, que tem o custo bem mais elevado”, comenta. “O custo total não passa de R$ 20, enquanto que uma placa original Arduino pode passar de R$ 100”, informa.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

1901271_10203021825456250_2015443424_n

marminino

Fonte: Tribuna do Ceara

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,634,668SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino “invade” garagem para dar abraço em uma cachorrinha

A câmera de segurança da garagem de uma casa no estado de Louisiana, nos Estados Unidos, flagrou um menino dando um abraço afetuoso na...

O restaurante que reaproveita quase tudo e quase não produz lixo

Em fevereiro, na Finlândia, foi inaugurado o restaurante mais próximo do desperdício zero no mundo, fruto do trabalho de um português. Carlos Henrique, é um...

Projeto ‘De Braços Abertos’ reduz uso de crack em 65% na Cracolândia em SP

E se te dissessem quem com uma iniciativa simples seria possível reduzir mais da metade os usuários de crack em um grupo? É exatamente o que...

Aos 7 anos, menina lança livro em defesa dos animais

O mundo encantado das crianças é povoado por bichinhos e elas os adoram, mas para uma escritora mirim de Brasília, respeitar e proteger os...

‘Espuma’ orgânica criada no Brasil absorve óleo da água e pode despoluir oceanos

A poluição marinha coloca em risco uma série de espécies e biomas que são fundamentais para os ciclos da natureza. Agora o que temos...

Instagram