Primeiro Centro de Medicina Indígena é inaugurado em Manaus com consultas no valor de R$10

Esse acontecimento é motivo de muito orgulho para nós:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No dia 6 de junho, Barserikowi’i, o primeiro Centro de Medicina Indígena da Amazônia, abriu suas portas em Manaus.

Baseados no conhecimento do Bahsese (benzimento), e fazendo uso de plantas medicinais, diversos especialistas indígenas do Alto Rio Negro atenderão indígenas e não indígenas.

O projeto foi concebido por João Paulo Barreto, da etnia tukano, que é doutorando em Antropologia pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

O atendimento será feito por Kumu Manoel Lima, da etnia tuyuka, Com 85 anos, ele é especialista em dores musculares e de cabeça, tratamento pós-parto e pós-cirúrgico. Conhecedor das plantas da floresta, saiu da aldeia onde mora, em Porto Colômbia, para se dedicar exclusivamente ao atendimento no Centro.

Kumu

“Nós temos técnicas de tratamento, sobretudo, de duas formas: primeiro pelo Bahsese e pelas plantas medicinais. Bahsese é esse modelo que é acionado dentro de um elemento, pode ser água, tabaco, cigarro, urtiga, no qual o Kumu, ou benzedor, aciona os princípios curativos contidos nos vegetais. Quando ele faz isso, ele não está rezando, ele está evocando esses princípios para curar doenças. Por isso, ele tem que dominar o conhecimento de animais e vegetais”, destacou Bareto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Kumu

O prédio onde funciona o Centro de Medicina Indígena foi cedido pela Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab). Com decoração indígena, também será um espaço venda de artesanatos e cursos, com o apoio do Núcleo de Estudo da Amazônia Indígena da Ufam. Caso o doente não possua condições de ir até o Centro, poderá ser atendido à domicílio.

Cada consulta custará R$ 10 reais e o valor do tratamento completo dependerá da enfermidade do paciente.

O Centro de Medicina Indígena da Amazônia vai funcionar de 9h às 15h de segunda a sexta-feira, na rua Rua Bernardo Ramos, 97, no Centro de Manaus.

Telefones de contato: (92) 99271 – 7500 / 98249-5991

Fotos: Alberto Cesar Araujo-Amazonia Real

Via

 

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,752FãsCurtir
1,764,126SeguidoresSeguir
8,645SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram