Hospital realiza cerimônias de graduação para bebês prematuros

banner reservaBebês que nascem prematuros, muito antes dos nove meses de gestação, causam muita preocupação aos pais. Por isso, o momento em que esses pequenos deixam o hospital e finalmente podem ir para casa merece ser celebrado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A enfermeira neonatal Melissa Jordan, do Centro Médico Regional CaroMont, na Carolina do Norte (EUA), pensa a mesma coisa. Ela teve a brilhante ideia de organizar mini cerimônias de graduação para as crianças que deixam a Unidade de Cuidados Intensivos (UCI).

Jordan e seus colegas já formaram 14 bebês, incluindo três pares de gêmeos. As crianças ganham um capelo personalizado com seu nome e o número de dias que elas ficaram na UCI, além de uma mensagem positiva dizendo que os pequenos agora terão toda a vida pela frente.

Como manda a tradição, as crianças também posam para fotos com seus capelos. Assim, no futuro, elas poderão se recordar de uma das batalhas mais duras que já enfrentaram, e tirar dela a força necessária para superar os desafios que estão por vir.

Veja as fotos:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Bella Baby Photography

barra reserva

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,520,475SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cientista paraense acumula 15 prêmios por criar tijolo feito do caroço de açaí

Segundo a Organização Mundial do Comércio, cerca de 90% de todo o açaí consumido no mundo é produzido no estado do Pará. Paradoxalmente, apenas...

Projeto brasileiro cria casa sustentável, 25% mais barata e que fica pronta em 6 dias!

O futuro chegou! Quando você iria imaginar que uma casa pudesse ser construída em apenas 6 dias e com a ajuda de apenas 4...

Menino de 10 anos cria museu em homenagem a Luiz Gonzaga

Aos 8 anos, em 2013, Pedro Lucas Feitosa visitou o Museu do Gonzagão, em Exu (PE). A experiência foi tão única que ele resolver criar seu...

Ele reencontrou a dedicatória que fez para a falecida esposa em um livro em 1966

Era uma noite de terça-feira insuspeita em Copacabana. No fim daquele dia, 23 de outubro, um grupo de frequentadores do sebo Baratos da Ribeiro...

Homem de 97 anos se casa com mulher de 90 e diz: “Nunca é tarde para amar”

Se em algum momento você achou que é tarde para viver uma história de amor, esse caso pode mudar sua forma de pensar. O...

Instagram