Charlize Theron revela que sua filha adotiva é trans: “Quero protegê-la e apoiá-la”

A atriz e produtora sul-africana Charlize Theron, de 43 anos, declarou em uma entrevista ao jornal britânico Daily Mail que sua filha de sete anos é uma menina trans.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na conversa, ela disse que sua função como mãe “é apenas acolher, proteger, respeitar e apoiar a individualidade da sua filha” e que durante muito tempo também pensava que a filha J. Theron fosse um garoto, até que ela começou a verbalizar que era uma garota. “Ela olhou para mim quando tinha três anos e disse: ‘Eu não sou um menino’”.

“Então lá vai você! Eu tenho duas filhas lindas que, assim como qualquer pai, quero proteger e quero ver prosperar”, disse.

Charlize adotou J. Theron em 2012. August é a outra filha, de três anos, adotada em 2015.

[Matéria continua depois do vídeo abaixo]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Convidamos cinco mulheres que enfrentaram o câncer de mama para falar sobre suas experiências. Mas elas não sabiam que, durante a gravação do vídeo, seriam surpreendidas. Nesta linda homenagem, as filhas presenteiam suas mães com um sutiã especial (para quem viveu o câncer) acompanhado por uma prótese externa, uma espécie de enchimento que encaixa na lingerie. Assista o vídeo e prepare o lencinho:

Charlize vive em Los Angeles com as filhas, onde rotineiramente é fotografada saindo e se divertindo com elas. Interessante notar que a atriz permite que a filha J. Theron saia vestida como quiser na rua, muitas vezes associada com roupas típicas do universo feminino.

A protagonista de “Atômica” diz não querer colocar as suas próprias expectativas em cima das vontades e da liberdade da pequena.

Leia tambémComercial “Meu Primeiro Sutiã” ganha versão com menina trans

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Elas nasceram quem são, mas vão encontrar quem querem ser no mundo enquanto crescem, não é para eu decidir. Meu trabalho é celebrá-las e amá-las e ter certeza de que têm tudo o que precisam para ser o que querem ser”, afirma. “Farei de tudo o que estiver em meu alcance para que minhas filhas tenham esse direito e sejam protegidas dentro disso”, continuou.

Charlize Theron revela que sua filha adotiva é trans: "Quero protegê-la e apoiá-la"
Foto: Reprodução / Daily Mail UK

Na entrevista, Theron, que tem cidadania estadunidense mas nasceu na África do Sul, diz que cria suas filhas como sua mãe a criou. “Cresci na África do Sul, onde as pessoas viviam com meias verdades, sussurros e mentiras, e ninguém se atrevia a dizer nada de frente. E fui criada especificamente para não ser assim. Minha mãe me ensinou a levantar a voz.”

Com a repercussão da entrevista, Charlize tem recebido diversas mensagens de apoio e feedback positivo. Dentre elas, está a da atriz Jamie Clayton, da série Sense8 (Netflix). “Enviando muito amor e luz. Obrigada por tudo”, declarou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A instituição Mermaids, no Reino Unido, disse ao site Gay Star News, que “aplaude a decisão de Charlize de tratar a temática com tamanha naturalidade.”

Charlize Theron revela que sua filha adotiva é trans: "Quero protegê-la e apoiá-la"
Foto: Reprodução / Daily Mail UK

“Os pais são constantemente criticados por acreditarem em seus filhos variantes de gênero e em apoiá-los a viver autenticamente. Nós aplaudimos Charlize por ouvir sua filha. Muitas vezes as crianças são dispensadas e seus sentimentos são considerados irrelevante. O reconhecimento de que uma criança ou jovem sabe quem ela é, é extremamente importante, independentemente da idade em que confiam em seus pais com essa verdade”, defende Susie Green.

Charlize Theron é uma conhecida artista pró-direitos LGBTQ. Em 2012, ela afirmou que não se casaria até que o casamento entre pessoas do mesmo sexo fosse legalizados sob todo o território norte-americano, o que aconteceu em 2015.

Em 2017, criticou a falta de coragem na representação de personagens bissexuais em Hollywood. No mesmo ano, ela mesma interpretou uma espiã bissexual em “Atômica”, produção que arrecadou US$ 100 milhões nas bilheterias mundiais.

Leia tambémApós superar preconceitos em aldeia, indígena transexual se torna professora infantil

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: NLucon

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,823SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

ONG realiza sonhos de crianças com doenças graves. Saiba como contribuir!

Há mais de 13 anos, a Make-A-Wish Brasil realiza os sonhos de crianças e adolescentes que estão enfrentando doenças graves. Em parceria com a...

Startup brasileira cria plataforma de financiamento coletivo para tratamentos médicos

As plataformas de crowdfunding já fazem parte da nossa realidade. Viabilizam todo tipo de projeto e necessidade. Desde livros, até permitir que alguém pague os...

Projeto voluntário leva amor e comida aos moradores de rua de Barcelona

O Proyecto Amor en Accion, é um projeto sem fins lucrativos que foi criado em Barcelona para ajudar a moradores de rua e a...

Como este casal de idosos viaja o mundo sem um tostão há 20 anos

Mary e Alan mostram que é possível: "Você é livre agora e suas decisões vem do seu coração, não da sua cabeça”.

Hillary Clinton anuncia candidatura à presidência dos Estados Unidos em 2016

Hillary Clinton põe fim aos rumores e especulações que já pairavam sobre ela nos últimos meses e oficializou sua candidatura à presidência dos Estados...

Instagram