Chicago, terceira maior cidade dos EUA, elege sua primeira prefeita negra e lésbica

Aos 56 anos, a ex-promotora federal Lori Lightfood foi eleita com 371 mil votos (73,7%), a nova prefeita de Chicago, a terceira maior cidade dos Estados Unidos, com 2,7 milhões de habitantes. Sua posse acontecerá no dia 20 de maio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A eleição de Lori é duplamente histórica: ela é a primeira mulher negra e lésbica a chefiar o executivo de Chicago. Além do mais, a cidade não tinha um prefeito eleito do sexo feminino desde 1983, com a vitória de Jane Byrne, primeira e única mulher até então a conseguir tal feito.

Chicago passa a ser agora a maior cidade já governada na história por um prefeito abertamente LGBTQ.

Membro do Partido Democrata, a ex-promotora federal nunca ocupou um cargo eletivo, tampouco político. Talvez por isso mesmo – vir de fora das entranhas da política, – tenha atraído tantos eleitores para a sua órbita. Ela venceu Toni Preckwinkle, também uma mulher negra, encarregada do condado de Cook, que teve 26% dos votos (132 mil votos).

Apesar de um terço da sua população ser negra, Chicago só elegeu um prefeito negro e uma mulher prefeita nos últimos 180 anos. A eleição marca um período de transição das grandes cidades norte-americanas para o progressismo, uma vez que sete mulheres negras atualmente são prefeitas de cidades-chave como Atlanta e Nova Orleans.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A campanha de Lori foi marcada por críticas ao velho sistema e à corrupção sistêmica que atrasa a cidade. Dentre suas promessas de campanha está uma maior assistência a pessoas de baixa renda e da classe trabalhadora, que foram “deixadas para trás e ignoradas pela classe política dominante da cidade,” em suas palavras.

“Enfrentamos interesses poderosos. Hoje vocês conseguiram mais do que fazer história, criaram um movimento para a mudança”, disse a nova prefeitura em seu discurso da vitória, acompanhada por sua esposa e filha.

Chicago, terceira maior cidade dos EUA, elege sua primeira prefeita negra e lésbica
Lori Lightfoot beija sua mulher, Amy Eshleman, após discurso da vitória por ter sido eleita prefeita de Chicago. Foto: Kamil Krzaczynski / DiePresse.com

Inspirada, ela afirmou que os cidadãos de Chicago verão uma “cidade renascida”, onde a etnia e quem amamos pouco importam.

Leia tambémFábrica da Electrolux em São Carlos reduz em 99% o envio de resíduos orgânicos para aterro

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Juntos nós podemos e faremos de Chicago um lugar onde o seu código postal não determina o seu destino. Nós podemos e vamos quebrar o interminável ciclo de corrupção desta cidade e nunca mais permitir que os políticos lucrem com seus cargos”, afirmou.

A adversária de Lori, Toni Preckwinkle, ligou para parabenizar a vitória da rival.

“Embora eu possa estar desapontada, não desanimo. Por um lado, esta é claramente uma noite histórica. Não muito tempo atrás, duas mulheres afro-americanas competindo por esse cargo teria sido impensável”, disse Preckwinkle, que atuou por 19 anos no conselho municipal.

Leia tambémElectrolux cria curso profissionalizante e traz consciência para o desperdício de alimentos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A marca Opaloka é parceria do Razões e apoia a causa LGBT, clique aqui e siga o perfil.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: G1

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,565,291SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mulher viaja o mundo para adotar 4 órfãos com o mesmo distúrbio genético que ela

Kristi Smith nasceu com uma distúrbio genético raro, a Fenilcetonúria, que não tem cura, mas pode ser controlada e se não for tratada corretamente...

Taylor Swift doa 150 mil dólares para fã conseguir pagar tratamento de câncer

É sempre bom ler histórias de pessoas famosas que fazem o bem, ainda mais para seus fãs, que são o que mais importam, principalmente...

Homem se recuperando de cirurgia acorda com um gato lhe fazendo carinho

Às vezes os animais sabem o que os humanos precisam melhor do que nós mesmos – e, no caso de um homem que se...

Com alimentos que iriam para o lixo, Austrália abre supermercado gratuito

A Austrália ganhou  o primeiro supermercado gratuito de produtos descartados pelos restaurantes, supermercados e pessoas. Criado pela ONG de combate ao desperdício de alimento OzHarvest,...

Catadora de recicláveis do RN consegue reformar sua casa graças à mobilização de mais de 500 pessoas

A simpática Zefinha, de 63 anos, ficou viúva há 33 anos e desde então vive como catadora de recicláveis em Macaíba (RN). Vivendo sozinha...

Instagram