China está construindo uma cidade totalmente coberta por plantas e árvores

Forest City será a primeira cidade florestal do mundo e abrigará mais de um milhão de plantas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Há algum tempo a China declarou guerra à poluição, um problema que afeta diretamente sua população. A busca por soluções inovadoras para conter os danos ambientais e alcançar um patamar mais sustentável são constantes no país.

Uma delas é realmente incrível: a China decidiu construir o primeiro município florestal do planeta. De acordo com uma matéria publicada no site de viagens Guia Viajar Melhor, a Forest City, como será chamada a cidade, será 100% sustentável e completamente coberta por plantas, totalizando mais de um milhão de espécies.

O projeto inovador tem como objetivo criar uma cidade de mais de 175 hectares capaz de produzir sua própria energia de forma autossustentável, além de tomar todas as medidas para evitar a poluição do ar.

Sustentabilidade, inovação e desafios em Forest City

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para que os objetivos sejam alcançados há muito trabalho pela frente. Forest City está sendo construída no norte de Liuzhou, na região montanhosa de Guangxi, ao sul do país. O lugar terá espaço para servir de lar para até 30 mil pessoas e contará com todos os serviços que se encontra em uma cidade normal como escolas, hospitais, lojas, restaurantes, escritórios e até mesmo hotéis.

Todos os edifícios, casas e construções da cidade terão suas fachadas repletas de plantas, com o intuito de melhorar a qualidade do ar, deixar os espaços interiores mais resfriados e criar uma espécie de isolamento acústico natural para conter os ruídos externos.

Imagem: Stefano Boeri Architetti Milan/Reprodução

Com isso, a intenção é combater a poluição do ar por meio da absorção de CO2 (cerca de 10.000 toneladas por ano) e produção de oxigênio (900 toneladas por ano). Além de esteticamente agradável, o enorme espaço verde poderá também servir como habitat para diversas espécies de pássaros e pequenos animais, contribuindo com a diversidade local.

Para a produção de energia, painéis solares serão instalados nos telhados das casas, captando energia renovável suficiente para levar luz à cidade. A nova também será totalmente conectada ao centro Liuzhou por meio de uma linha de trem de alta velocidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O responsável pelo projeto é o famoso escritório de arquitetura Stefano Boeri Architetti, que assina também o inovador conjunto de prédios residenciais Bosco Verticale, em Milão. A expectativa é que Forest City seja finalizada já em 2020.

Cada vez mais os países estão em busca de soluções mais sustentáveis e cidades mais verdes e humanas. Nós torcemos para que essas ideias se espalhem pelo mundo.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,234,546SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudante conserta e doa centenas de cadeiras de rodas a crianças necessitadas

Um estudante universitário indiano se comprometeu com a missão de resgatar, consertar e doar cadeiras de rodas abandonadas ou não-utilizadas para pessoas que muito...

Príncipe Harry quebra protocolo para confortar garotinho que perdeu a mãe

Durante o penúltimo dia de viagem às nações da Commonwealth no Pacífico Sul com sua esposa, Meghan Markle, o Príncipe Harry protagonizou uma cena...

Menina de 4 anos doa medula óssea e salva a vida do irmão

Eli Vasquez nasceu com síndrome de Hurler, uma doença genética em que o corpo não produz uma enzima necessária para digerir o açúcar. Esse...

ONG recolhe milhas áreas para reunir famílias de refugiados

A ONG Miles 4 Migrants recolhe doações de milhas aéreas para reunir famílias de refugiados separados em conflitos.

As reações de crianças do Brooklin ao jantarem em um dos restaurantes mais chiques de Nova York

Em uma iniciativa do New York Times Magazine intitulada “Small Plates”, ou Pequenos Pratos, a revista enviou 6 crianças do Brooklyn do 2º ano...

Instagram