China anuncia proibição de testes da indústria de cosméticos em animais

A indústria de beleza e cosméticos da China atualmente lucra cerca US$ 32 bilhões por ano (R$ 126 bilhões) e continua a se expandir em velocidade superior ao próprio crescimento do país.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O mercado emergente e com grande potencial ainda é se ‘escora’ na retrógrada legislação do gigante asiático: por lei, o governo exige que todos os produtos cosméticos passem por testes prévios em animais antes de serem vendidos.

Com isso, as multinacionais de países com legislação mais dura e protecionista com os animais se deslocam para a China, onde podem realizar testes à vontade, por ser algo não só permitido, mas obrigatório.

Trata-se de um método atrasado considerando os relevantes avanços da comunidade científica na biotecnologia, por exemplo, além da ampla campanha de combate à exploração animal promovido por ONGs e entidades filantrópicas.

China anuncia fim de testes da indústria de cosméticos em animais
Foto: Reprodução / Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia tambémCirco alemão cria lindos hologramas por se recusar a usar animais reais

Mas há boas notícias no horizonte: após quase uma década de discussão, o Instituto de Ciências In Vitro (IIVS) anunciou que o governo chinês aprovou nove métodos de pesquisa e testagem não baseados em animais, cuja legislação entrará em vigor em 2020.

Segundo um comunicado à imprensa, as novas resoluções serão consideradas em todo o processo de registro e aprovação antes da comercialização de produtos.

Houve um trabalho de convencimento das autoridades por parte da IIVS em parceria com a Associação Nacional de Produtos Médicos da China (NMPA) sobre a confiabilidade e segurança dos procedimentos in vitro visando modernizar a regulamentação e acabar, de vez, com os testes em animais.

As empresas e indústrias que não seguirem a nova regulamentação serão multadas. O valor cobrado ainda não foi anunciado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também193 empresas brasileiras que não testam seus produtos em animais

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: B9

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,277,197SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após ter cadeira de rodas furtada, estudante de jornalismo ganha 3 e doará 2

José Silva, 54 anos, teve sua cadeira de rodas furtada no início do mês passado, em Juazeiro do Norte (CE). Ele emprestou a cadeira de...

Revista sem fins lucrativos lança campanha de assinaturas para se sustentar pela rede de leitores

PISEAGRAMA é uma revista sobre espaços públicos: existentes, urgentes e imaginários. Desde a sua fundação em 2010, foram publicadas dez edições da revista, dedicadas...

Jovem brasileiro tem vida transformada por programa social que ensina música para crianças e adolescentes carentes

Quando falamos em inovação, qual a primeira coisa que você imagina? Quase sempre relacionamos com tecnologia, seja pelo lançamento de um celular novo ou...

Maternidade real: escritora faz sucesso na internet escrevendo cartas para a filha

A adolescência é uma fase marcada por mudanças e descobertas. O primeiro beijo, a primeira saída sem os pais, o primeiro encontro amoroso, a...

Netos se vestem de dinossauro para surpreender avó no aeroporto, e ela surpreende de volta

Um reencontro de família nada tradicional: dois garotos quiseram receber sua avó no aeroporto fantasiados de dinossauro. O que eles não esperavam era que a...

Instagram

China anuncia proibição de testes da indústria de cosméticos em animais 2