China anuncia proibição de testes da indústria de cosméticos em animais

A indústria de beleza e cosméticos da China atualmente lucra cerca US$ 32 bilhões por ano (R$ 126 bilhões) e continua a se expandir em velocidade superior ao próprio crescimento do país.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O mercado emergente e com grande potencial ainda é se ‘escora’ na retrógrada legislação do gigante asiático: por lei, o governo exige que todos os produtos cosméticos passem por testes prévios em animais antes de serem vendidos.

Com isso, as multinacionais de países com legislação mais dura e protecionista com os animais se deslocam para a China, onde podem realizar testes à vontade, por ser algo não só permitido, mas obrigatório.

Trata-se de um método atrasado considerando os relevantes avanços da comunidade científica na biotecnologia, por exemplo, além da ampla campanha de combate à exploração animal promovido por ONGs e entidades filantrópicas.

China anuncia fim de testes da indústria de cosméticos em animais
Foto: Reprodução / Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia tambémCirco alemão cria lindos hologramas por se recusar a usar animais reais

Mas há boas notícias no horizonte: após quase uma década de discussão, o Instituto de Ciências In Vitro (IIVS) anunciou que o governo chinês aprovou nove métodos de pesquisa e testagem não baseados em animais, cuja legislação entrará em vigor em 2020.

Segundo um comunicado à imprensa, as novas resoluções serão consideradas em todo o processo de registro e aprovação antes da comercialização de produtos.

Houve um trabalho de convencimento das autoridades por parte da IIVS em parceria com a Associação Nacional de Produtos Médicos da China (NMPA) sobre a confiabilidade e segurança dos procedimentos in vitro visando modernizar a regulamentação e acabar, de vez, com os testes em animais.

As empresas e indústrias que não seguirem a nova regulamentação serão multadas. O valor cobrado ainda não foi anunciado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também193 empresas brasileiras que não testam seus produtos em animais

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: B9

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

996,270FãsCurtir
1,935,921SeguidoresSeguir
9,479SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Magazine Luiza cria plataforma para autônomos venderem a própria mercadoria

O Magazine Luiza lançou hoje (31) o Parceiro Magalu, uma plataforma digital de vendas para ajudar micro e pequenos varejistas e profissionais autônomos a...

Pai adota 5 irmãos que viviam em abrigos diferentes para que não se separassem

Barreto diz que adotaria 10 crianças e adolescentes se tivesse condições.

Homem planta 152 milhões de árvores e refloresta manguezal sozinho no Senegal

Um homem aposentado plantou incríveis 152 milhões de árvores em um intervalo de 10 anos às margens do rio Casamansa, no Senegal. Plantando sem parar...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

USP cria ventilador pulmonar de baixo custo com tecnologia 100% brasileira

Cientistas da USP desenvolveram um protótipo de ventilador pulmonar emergencial capaz de ser produzido em massa para atender a demanda hospitalar de pacientes infectados...

Instagram