Inspirado pela avó, medalhista de ciclismo retoma sonho paralímpico e volta aos treinos

Clique e ouça:

A pandemia mudou a rotina de todo mundo e, principalmente, dos atletas, que tiveram as competições interrompidas e comprometeram os treinamentos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas para o brasileiro, ciclista paralímpico, Lauro Chaman, o que mais mexeu com ele nem foi isso, mas a impossibilidade de visitar a avó, dona Elvira, de 89 anos. É ela que o faz pedalar para ir cada vez mais longe.

“No começo [da pandemia], era muita incerteza, então, a gente meio que se isolou. Dias atrás, pude ver minha avó com todos os cuidados, mas fiquei um bom tempo sem conseguir. Antes, as visitas eram diárias. Foi complicado. A gente pensa mais na família. O esporte ficava um pouco em segundo plano”, disse.

Neto e avó em frente a quadro com ciclista
Lauro se inspira na avó para seguir carreira .Foto: Reprodução/Instagram

Dona Elvira foi quem criou Lauro e sempre incentivou no mundo dos esportes. “Ela é minha vida, é a minha inspiração. Além de ser minha madrinha, cuidou de mim quando minha mãe tinha que trabalhar. Morávamos em uma casa simples. Ela e meu avô sempre fizeram o máximo por mim”, relembrou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E dona Elvira acompanha o neto até hoje em suas conquistas. Olha ela lá vibrando, torcendo e comemorando de perto cada vitória de Lauro.

Neto ciclista abraçando a avó após término de corrida
Dona Elvira acompanha de perto o sucesso do neto. Foto: Marco Antonio Teixeira/MPIX/CPB

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

Com a retomada dos treinos para as provas que devem voltar a acontecer, dona Elvira não vai, por um bom tempo, poder acompanhar o neto.

“Falei com minha avó explicando um pouco do que se passa por conta do corona vírus, que não podia visitar ela por uns dias, ela me disse, ‘Isso meu filho não vem, Deus me livre eu te passar alguma coisa😭’ a preocupação maior dela ainda era em me cuidar, isso com quase 90 anos”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dona Elvira é uma mãezona para Lauro. “Tudo que faço hoje, com certeza, é por toda minha família, mas, em especial, pela minha avó e meu filho, que se chama Antônio, mesmo nome do meu avô, que faleceu quando eu tinha 16 anos”, contou Lauro.

View this post on Instagram

Feliz dia das mães, muito obrigado por tudo ❤️🙌🏼🙏🏼. #gratidao🙏

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Lauro Chaman (@laurochaman) on

Lauro nasceu com o pé esquerdo voltado para trás. Ele pode competir em qualquer categoria do ciclismo paralímpico.

O atleta vinha tendo bons resultados em 2020. Ele conquistou três medalhas no Mundial de Paraciclismo, em Milton (Canadá), em fevereiro: duas pratas e um bronze. O foco da preparação é a Paralimpíada de Tóquio, em 2021.

Na Rio 2016, ele foi medalhista de prata na disputa de estrada e de bronze na prova de contrarrelógio. Ele também já foi campeão mundial de estrada em 2017, na África do Sul, e de scratch em 2018, no Rio de Janeiro (RJ). E no ano passado ainda faturou três medalhas nos Jogos Parapan-Americanos de Lima (Peru), sendo dois ouros.

lauro chaman medalha ouro parapan lima
Foto: Arquivo pessoal

O esporte paralímpico me ensinou isso, a ser um ser humano melhor, a dar valor à vida, dar valor às coisas que realmente importam, dar valor a poder abrir o olho todo dia, poder enxergar, fazer um esporte”, finalizou.

Veja também:

O ator Pedro Carvalho teve aulas de crochê com o André, menino que aprendeu crochetar para ajudar a mãe com as contas de casa, assista:

Fonte: Agência Brasil

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,060,352FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
18,721SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem com deficiência cria lindas caminhas para cães e gatos, mãe pede apoio, e ele vende tudo!

O garoto Elías tem uma deficiência, mas quem diz que ela o impede de fazer caminhas para cães e gatos que são a coisa...

Estudante que trabalhou como gari para pagar a faculdade é aprovado em direito em Harvard

“Uma carta aberta para o meu irmão mais velho”. Foi assim que o mais novo estudante de Direito em Harvard começou um post que...

Babá eletrônica flagra gatinho que fingia não gostar da bebê fazendo carinho e dormindo com ela

Sabe aquela história de que quando estamos sozinhos (ou assim pensamos...) temos atitudes diferentes das que temos quando sabemos que estamos sendo observados? Esta...

Estudante mexicana cria plástico de casca de laranja que se decompõe em 90 dias

A estudante mexicana Giselle Mendonza venceu um concurso nacional apresentando um bioplástico que ela criou da casca de laranja. Giselle disse que sua ideia surgiu...

Vovô de 91 anos pede ajuda para a sua loja de tecidos e recebe encomendas do país inteiro

Com a retomada do comércio em Guarulhos (SP), a Aon Tecidos ganhou um garoto propaganda para lá de especial: o Sr. Youssef. O comerciante...

Instagram

Inspirado pela avó, medalhista de ciclismo retoma sonho paralímpico e volta aos treinos 13