Após ter sua história contada no SP Invisível, advogada reencontra seus familiares


Após ter sua história contada no SP Invisível, advogada reencontra seus familiares 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

O relato da advogada Rosana publicado na página do SP Invisível no Facebook gerou enorme comoção e mobilização nas redes sociais. O post alcançou mais de 2,5 milhões de pessoas e contou com 52.693 curtidas e 11.250 compartilhamentos. No Instagram do SP Invisível, 3.148 pessoas curtiram o post e 366 comentaram.

“Eu estou na rua desde 2006. Eu sou advogada, meu nome é Rosana e advoguei por oito anos em São Paulo. Aí, num dado…

Publicado por SP invisível em Sexta, 29 de janeiro de 2016

Entre todos os internautas que se sensibilizaram com sua história, David Vieira resolveu encontrá-la na estação Paraíso do metrô, no mesmo local onde ela conversou com a equipe do SP Invisível, o fotógrafo Felipe Braga e os jornalistas Cesar Rota e Naya Whitaker.

PUBLICIDADE ANUNCIE

No dia do encontro, ele gravou um vídeo pedindo ajuda para ela. O vídeo chegou a dois parentes de Rosana. Eles entraram em contato e foram ao local onde a ex-advogada costumava ficar para encontrá-la.

Rosana chegou a essa situação em 2006 por causa de um assédio moral sofrido no trabalho que foi parar na Justiça. Ela ainda permanece em situação de rua, trabalhando como faxineira, e precisa muito de um emprego na sua área para se reerguer.

Até hoje, três pessoas já saíram das ruas de São Paulo após terem suas histórias contadas no SP Invisível. Após ler a história do filho, mãe do Bruno Barbosa saiu do Paraná para encontra-lo. Uma amiga do Adriano o encontrou depois de contar sua história na página e um grupo de leitores do SP Invisível se mobilizou para ajudar um outro Adriano a voltar para sua cidade natal e encontrar seus familiares.

Foto: Reprodução/Facebook

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar