Cidade do RS cancela carnaval e repassa valor para saúde e projeto de ambientoterapia


PUBLICIDADE ANUNCIE

Já mostramos aqui a cidade do interior de São Paulo que cancelou o Carnaval para comprar uma ambulância e também quando Guaraí (TO) cancelou o Réveillon para reformar escolas.

Agora é a vez da prefeitura de Taquari, no Vale do Taquari, Rio Grande do Sul, cancelar os desfiles de Carnaval na cidade.

A decisão tomada em uma reunião do prefeito, Emnanuel Hassen de Jesus, com representantes das escolas de samba, repassa o dinheiro que seria usado para as festas para a saúde e para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

PUBLICIDADE ANUNCIE

Com os repasses para o Hospital de Taquari e para o município atrasados, o atendimento à população está prejudicado. “Estamos falando de uma quantia de mais de R$ 1 milhão”, disse o prefeito em entrevista ao G1. “Estamos enfrentando dificuldades por uma série de questões, especialmente alguns exames e medicamentos”, completou.

O custo do Carnaval taquariense seria de R$ 190 mil. Com esse valor, a prefeitura vai colocar em dia todos os exames atrasados na Secretaria de Saúde, com a realização de 31 ecocardiogramas, 126 ecodopplers vasculares, 142 ressonâncias magnéticas, 152 tomografias e 550 ecografias, totalizando 1.001 exames.

Parte dos recursos também ajudará a manter a operação de um projeto de ambientoterapia, realizado na Apae, onde são atendidas cerca de 30 crianças, em sua maioria autistas.

Fonte: G1

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar