‘Cidades Inteligentes’ une arte e comunidade para transformar passarela de SP

A passarela que passa sobre a linha 8 Diamante da CPTM, no bairro Água Branca, vai ganhar uma nova cara com assinatura do grafiteiro Enivo e de jovens participantes do projeto.


passarela são paulo
PUBLICIDADE ANUNCIE

No começo de setembro, o projeto Cidades Inteligentes desembarca na capital de São Paulo. Com a proposta de mobilizar a própria comunidade para colocar a ‘mão na massa’ e transformar espaços públicos usando a arte e a sustentabilidade, serão realizadas intervenções artísticas e oficinas para jovens de 12 a 18 anos em cinco pontos do país.

São Paulo vai ser o primeiro deles a receber a ação, onde os participantes serão conduzidos pelo grafiteiro Enivo, transformando a passarela que passa sobre a linha 8 Diamante da CPTM, no bairro Água Branca. A festa de ‘inauguração’ do espaço repaginado vai trazer DJ e outras atrações culturais, no dia 16 de setembro (segunda-feira), na própria passarela.

Ajuda para construir casa pra idoso que vive em condições desumanas

Com patrocínio da Duratex, por meio da marca Deca, a iniciativa foi concebida pela produtora cultural Numen Produtora e é uma realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Pátria Amada Brasil Governo Federal, viabilizada por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

E quem está na parte da criação das atividades é o estúdio Plantar Ideias, responsável por coordenar as oficinas e integrar a parte estética do trabalho. A passarela é localizada na Avenida Santa Marina, nome em homenagem a uma antiga fábrica de vidros do bairro. Todo o projeto pode ser acompanhado pela hashtag #seliganapraça nas redes sociais (Facebook e Instagram) e pelo site.

“Ao realizar uma intervenção coletivamente, mostramos que a arte pode e deve ser acessível e presente em diversos cantos da cidade, e como isso melhora a qualidade de vida da comunidade, trazendo ideias, sonhos, esperança, deixando o ambiente mais leve, agradável e convidativo para a vida em grupo”, diz Gianna Toni, produtora executiva do projeto pela Numen Produtora.

A ação vai reunir jovens do Instituto Rogacionista e adolescentes da região, a partir do dia 09 de setembro, para ciclos de oficinas gratuitas teóricas e práticas de grafite e pintura, design paisagístico e de mobiliário urbano.

Proposta do Projeto Cidades Inteligentes

A principal intenção é que nos 5 dias de aulas, os adolescentes aprendam ferramentas que, unidas com a arte e a sustentabilidade, permitam continuar a manutenção do trabalho que fizerem, ou até mesmo que usem em empreendimentos futuros.

“A proposta do Cidades Inteligentes busca incentivar crianças e jovens a compreender a composição de materiais, formas e cores no intuito de estimular a criatividade e viabilizar a revitalização dos espaços urbanos com os resultados das oficinas. Serão utilizados materiais comuns e de fácil acesso, plantas comestíveis entre outros materiais e elementos buscando o reaproveitamento ou ressignificação de materiais”, comenta Luciana Pitombo, da Plantar Ideias.

Leia também:

“Entendemos que é fundamental estarmos próximos de comunidades, porque acreditamos que juntos podemos atuar de forma muito mais eficaz para a promoção do desenvolvimento local. Este projeto contribui para a inclusão social, empoderando os participantes sobre responsabilidades nos espaços coletivos, além de estimular o desenvolvimento de novas habilidades, tanto pessoais quanto coletivas”, avalia Eliane dos Santos, coordenadora de Sustentabilidade da Duratex, empresa dona da marca Deca.

Ajuda para construir casa pra idoso que vive em condições desumanas

PUBLICIDADE ANUNCIE

 

Ver essa foto no Instagram

 

Conheça os nossos artistas convidados para realizar as oficinas de grafite e pintura do Cidades Inteligentes em São Paulo e, no dia 16/09, venha para o evento de lançamento e veja a transformação da Passarela da Avenida Santa Marina, na Água Branca. Siga @projetocidadesinteligentes nas redes e #seliganapraça #cidadesinteligentes #intervençãourbana #grafite #oficinas #bairrodaaguabranca #impactosocial Ministério da Cidadania apresenta: Cidades Inteligentes Produção: Numen Produtora Parceria: Plantar Ideias Patrocínio: Deca Realização: Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Pátria Amada Brasil Governo Federal.

Uma publicação compartilhada por Cidades Inteligentes (@projetocidadesinteligentes) em

As oficinas com os jovens de cada município vão ser ministradas por uma equipe de educadores especialistas nas respectivas áreas, valorizando talentos locais. Em São Paulo, destaca-se a participação do grafiteiro Enivo, um dos nomes mais influentes na cena paulistana do grafite, que conduzirá as oficinas de grafite e pintura, além de deixar sua arte na passarela.

“Estou muito feliz em participar do projeto, porque aos 12 anos a arte transformou minha vida. E hoje tenho como missão colaborar na formação e transformação dos jovens. Eu me vejo em cada um deles”, comenta o grafiteiro Enivo.

Ao final do projeto, vai acontecer uma festa de ‘inauguração’ da passarela ao som de DJ e atrações culturais. Além disso, para potencializar a circulação de pessoas, uma rede de wi-fi com conexão gratuita vai ser instalada no espaço trabalhado.

O projeto vai até novembro e no roteiro dos lugares que vai passar também estão Jacareí-SP, Jundiaí-SP, Uberaba-MG e Queimados-RJ.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fotos: Divulgação

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar