Estudantes trocam festas por solidariedade e ajudam moradores de rua


PUBLICIDADE ANUNCIE

Cinco jovens da cidade de Bauru, no interior de São Paulo, trocaram as festas de república e as reuniões de amigos, duas vezes por semana, para levar comida e um pouco de afeto para moradores de rua.

Quem teve a ideia de começar a ação foi o estudante do terceiro ano de jornalismo da Universidade Sagrado Coração (USC), Adham Felipe Marin, 20 anos. Ele e mais três estudantes da faculdade de jornalismo e uma estudante do ensino médio, Julia Biondi, 16 anos, cozinham e entregam as refeições para os sem-tetos.

Os amigos também já levaram cobertores para os desabrigados, que, na ocasião, também pediram algumas marmitas. Naquele dia, eles compraram pães, mortadela e refrigerantes. Adham decidiu que o grupo faria as entregas das marmitas às quartas e quintas-feiras, já que outros grupos e pessoas (um centro espírita, um católico e um empresário) fazem as entregas às segundas, terças e sextas-feiras.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Os voluntários atendem os moradores de rua que vivem principalmente próximos ao Terminal Rodoviário e nas regiões do Jardim Bela Vista, do Centro e da Hípica. Depois que a ação ficou conhecida, surgiram novos voluntários. Além de Adham e Julia, a iniciativa conta a com a ajuda de Natalia Lemos Lima e Samantha Ciuffa, de 20 anos, e Vitória Palmejani Augusto, de 19.

“Já cheguei a desistir de ir às festinhas, mas, às vezes, a gente sai depois de entregar as marmitas, já de madrugada. Só fico triste quando vejo a condição desumana de algumas pessoas”, acrescenta a estudante do terceiro ano de jornalismo Samantha Ciuffa. Já a colega de sala da garota reforça que o lado mais bonito do curso é o fato de exercer uma função social. “Sempre gostei de ajudar”, explica.

Foto: Vitória Palmejani, Adham Marin, Samantha Ciuffa e Natália Lemos

via

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar