Histórias de pessoas que tiveram os celulares e documentos DEVOLVIDOS no carnaval


PUBLICIDADE ANUNCIE

Das diversas histórias que a gente leu sobre o carnaval, várias eram sobre pessoas que foram assaltadas ou que perderam seus pertences e nunca mais encontraram. Sim, isso é bastante comum, ainda mais em uma festa com milhares de pessoas. Mas também existe o outro lado, aquele que a maioria das pessoas sequer ficam sabendo, mas que a gente faz questão de mostrar. Existem as pessoas que perderam seus pertences, mas que tiveram a sorte de cruzar pessoas que os devolveram, no meio do carnaval.

Vamos contar 3 histórias diferentes que vão te fazer enxergar o mundo de uma outra maneira. Porque existe muita coisa errada, mas também está cheio de pessoas boas, honestas e atenciosas.

Leia também: Mulher esquece carteira em Uber e motorista vai até a casa dela devolvê-la em mãos

A primeira história é a da Vitória Iwaki Martins, que estava em um bloquinho de rua no centro de São Paulo, em pleno domingo de carnaval, em cima daquelas grades que a prefeitura coloca quando tem algum evento de rua, quando deixou seu celular cair em um espaço que ela não conseguia pegar. Na hora ela ficou meio zonza com a situação e perguntou para os funcionários do metrô como ela fazia para conseguir pegar seu celular. Eles só disseram que não tinham autorização para mexer e que teria que ver com a prefeitura. Vitória voltou para casa achando que nunca mais veria seu celular. Mas ela estava errada, pois no dia seguinte de manhã ela foi acordada pela sua tia que falava que seu celular havia sido encontrado. Quem encontrou foi Salomão, que vive em situação de rua há 2 anos, perto do Bobs da Praça Dom José Gaspar, no Vale do Anhangabaú. Ela marcou de encontrar com Salomão, que não somente devolveu o celular à Vitória, como mudou a capinha de lugar para que ele não riscasse e disse que ficou preocupado em ela perder as fotos que tinha. Vitória disse que Salomão estava certo, pois o que mais a deixou triste era perder as lembranças que haviam no seu celular. Mas ela teve a sorte de cruzar com essa pessoa maravilhosa que é o Salomão! Veja embaixo a postagem original de Vitória:

A segunda história aconteceu com Ana Clara Barbosa, que estava curtindo o carnaval de rua de São Paulo em pleno sabadão, quando precisou parar para ir ao banheiro. Como ela estava perto de um shopping, resolveu entrar, mas ela não foi a única a ter essa ideia e por isso a fila estava imensa e ela desesperada para fazer xixi. Quando ela conseguiu entrar em meio a confusão de carnaval, diversas pessoas em volta e o alívio em poder usar o banheiro, ela acabou esquecendo o celular no banheiro. Desesperada, não achou que veria seu aparelho nunca mais. Mas ela também estava enganada, pois quando uma amiga ligou em seu celular, ele foi atendido e devolvido gentilmente. Veja aqui embaixo a postagem original de Ana Clara:

PUBLICIDADE ANUNCIE

E a última história aconteceu com a Raquel Betzler, que perdeu sua carteira de identidade, 190 reais e o cartão de crédito no carnaval do Rio de Janeiro. A garota que achou seus pertences encontrou Raquel no Facebook e mandou uma mensagem dizendo que estava com as suas coisas. Elas marcaram de se encontrar e tudo foi resolvido da melhor maneira possível. Elas até combinaram de ser amigas! Essa história nós recebemos via Inbox, mas tiramos alguns prints para mostrar pra vocês:

Achamos importante compartilhar histórias como essas, para que a gente pare de ficar repetindo somente as coisas ruins que acontecem no mundo e começamos a observar o mundo e as pessoas sob uma nova perspectiva, a do otimismo, da generosidade e da honestidade!

Fotos: reprodução Facebook

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar