Juiz vai até a casa de idoso com câncer para realizar audiência previdenciária em Goiás


Juiz vai casa idoso com câncer realizar audiência Goiás
PUBLICIDADE ANUNCIE

O juiz Joviano Carneiro Neto, do Tribunal de Justiça de Goiás, quebrou protocolos em nome do atendimento humanizado nesta segunda (12) para atender um idoso sem condições de se deslocar até o magistrado.

José Antônio de Paula, 62 anos, alegou ao tribunal que não conseguiria sair de casa para comparecer a uma audiência porque sente fortes dores no corpo. O idoso foi diagnosticado com um câncer no rim e no fígado no início do ano, e desde então não sai mais de casa.

[Um certo dia, o gari Reinaldo Paixão percebeu a situação desumana que um idoso e dois filhos dele com transtornos mentais viviam! A casa não tem móveis, muito menos um banheiro. Sensibilizado com o que viu, Reinaldo iniciou uma corrente do bem, criou um grupo no WhatsApp para arrecadar dinheiro e materiais para a construção de uma casa nova para a família. Porém, falta muito! Criamos então uma vaquinha para ajudá-lo! Clique aqui e apoie.]

“Ele foi piorando e não quis e nem conseguiu mais fazer nada”, disse Lorena Aprecida, filha de José. “Ele sempre foi muito trabalhador”, completou.

Juiz vai casa idoso com câncer realizar audiência Goiás

Sensibilizado pela condição de seu José, o juiz Joviano deixou o ambiente aconchegante e resfriado do Fórum para conceder a audiência previdenciária do idoso em sua residência, em Trindade (GO), na região metropolitana de Goiânia.

Leia também: Juiz perdoa multa de idoso de 96 anos que levava filho com câncer ao médico

PUBLICIDADE ANUNCIE

O magistrado gravou a oitiva do requerente pelo celular, de modo a confirmar a integralidade e autenticidade do depoimento. “Foi realizada a instrução, com tentativa de colheita de depoimento pessoal na residência do autor, em razão de sua atual condição de saúde que impossibilita deslocamento, sem sucesso, visto que o autor encontra-se com saúde bastante debilitada, acamado”, frisou.

Juiz vai casa idoso com câncer realizar audiência Goiás

Após a oitiva, ao chegar no fórum, o magistrado ainda ouviu duas testemunhas para proferir a sentença.

Ele julgou procedente o pedido do idoso e condenou o Instituto Nacional do Seguro Social (Inss) a conceder parte o benefício da aposentadoria rural por idade, no valor de um salário mínimo.

Leia também: Crianças de comunidade carente de Curitiba são surpreendidas com lanche e agasalho na volta às aulas

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Curta Mais/Fotos: Aline Caetano/Centro de Comunicação Social do TJGO

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar