Pilotos alemães se recusam a deportar os refugiados afegãos que buscam asilo na Alemanha


PUBLICIDADE ANUNCIE

Diversos pilotos alemães estão se recusando a participar das deportações, que geralmente são de pessoas que foram até a Alemanha, mas tiveram seu visto negado. Até agora, mais de 222 voos foram tiveram que ser cancelados, porque os pilotos se recusaram a fazer.

O mundo vive uma grave crise humanitária e migratória, na qual os refugiados são os que mais sofrem. Ultimamente, vários países da Europa estão fechando as portas para os refugiados, que simplesmente não têm para onde ir. Mas se depender dos pilotos alemães essa história não vai ficar assim! Diversos voos estavam saindo diariamente da Alemanha, com o objetivo de mandar os refugiados afegãos de volta para casa e o país tem registrado recordes de pedidos de refúgio negados.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Apesar de tantos vistos estarem sendo negados, a Alemanha ainda continua sendo um dos países mais procurados por quem está buscando asilo e o país criou um programa recentemente, que tem previsão para começar a ser colocado em prática, em janeiro de 2018, que promete pagar 3 mil euros para quem for até o país e tiver o visto negado.

Com informações de UOL

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar