Cidade do Amazonas é referência em sustentabilidade no cultivo de guaraná

O Brasil é um território muito rico e fértil em recursos naturais. A terra ainda é o sustento de várias pessoas e uma das maiores fontes de renda para a economia. Assim vive a comunidade de Maués, no Amazonas, que é referência em sustentabilidade no cultivo de guaraná, tido como a principal atividade econômica da região.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A 356 quilômetros de Manaus, ou cerca de um dia de viagem pelos rios da região, o município envolve mais de 2 mil famílias na produção da fruta, que costuma ser sinônimo de refrigerante. Por vezes o acesso à matéria in natura é bem difícil em outros lugares do Brasil, mas ali seu cultivo significa desenvolvimento, tanto da agricultura familiar como da própria cidade.

Nos primórdios, em meados do século 17, a tribo indígena Sateré-Mawé transformou a trepadeira silvestre em arbusto cultivado e, assim, inventaram a cultura do guaraná. Hoje, os produtores locais seguem realizando um trabalho 100% manual e demonstram grande preocupação em adotar as melhores práticas sustentáveis, como instalação de corredores ecológicos e plantações de guaraná intercaladas com reservas florestais.

Tais conhecimentos chegam à eles e são aplicados através do trabalho de pesquisa da Fazenda Santa Helena, centro de desenvolvimento do guaraná criado em 1971 pela Ambev em Maués para incentivar e compartilhar técnicas que mantém o equilíbrio entre natureza e população. Os esforços para diminuir o impacto ambiental resultam no aumento de 140% da taxa de produtividade na última década em relação à primeira, quando a fazenda foi inaugurada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A instalação de corredores ecológicos está entre as técnicas adotadas para a manutenção da flora nativa. As plantações são recortadas, aumentando a diversidade do ecossistema, além de permitir o trânsito livre para a fauna. Para minimizar o ataque de pragas e proteger contra ventos que prejudiquem a floração, são organizados campos produtivos de guaraná intercalados com reservas florestais.

A fruta foi descoberta e domesticada na Amazônia. Ela cresce e nasce apenas uma vez por ano e deve ser plantada e colhida em épocas especiais. Devido à essa fragilidade, as práticas sustentáveis são essenciais e, quando adotadas corretamente, beneficiam a própria comunidade uma vez que ocorre um aumento natural da produção. 

Anualmente, as mudas de guaraná produzidas na fazenda são doadas às famílias de produtores agrícolas e periodicamente a instituição promove eventos e workshops. A espécie é tão importante para a região, que conta até com o Dia do Guaraná, quando são convidados produtores, técnicos, instituições e sociedade em geral para visitas técnicas, onde são compartilhadas todas as práticas que levam à sustentabilidade na guaranicultura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: © Fernando Cavalcanti/Ambev

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,839,934SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Paralimpíada bate recorde e vende 233 mil ingressos em apenas dois dias

Parece que o espírito olímpico, depois de alguns dias de "luto" pelo fim dos Jogos Olímpicos, estão voltando com toda força por conta dos...

Satélite 100% nacional vai levar internet banda larga para todo país

O primeiro satélite de comunicação e defesa 100% nacional vai levar internet banda larga para quem vive nas regiões mais profundas do Brasil, onde...

“Loja Vazia” recebe doações para a campanha do agasalho deste ano

Uma loja recém-inaugurada no São Bernardo Plaza Shopping, no interior de São Paulo, fez valer o conceito de “Loja Vazia” em prol da campanha...

Joalheria que faz produtos com lascas de parede só contrata mulheres em situação de rua

O reaproveitamento de materiais é uma solução extremamente inteligente e criativa para que a gente viva em um mundo mais sustentável e menos consumista....

Como um depósito está fornecendo milhares de livros de forma gratuita

Do lado de fora, o The Book Thing parece um depósito como outro qualquer.

Instagram