Cientistas em Amsterdã destroem tumores de câncer de mama em 11 dias sem quimioterapia

0
2663
símbolo da luta contra câncer de mama

Um grupo de cientistas de Amsterdã pode ter descoberto um tratamento muito eficaz para curar o câncer de mama em mulheres, que hoje é uma das doenças que mais mata no mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A pesquisa foi apresentada pelo professor Nigel Bundred na Conferência Europeia do Câncer de Mama em Amsterdã. Ele mostrou que seu grupo de pesquisadores combinaram dois medicamentos e testaram a eficácia para a eliminação do tumor.

laboratório
Reprodução: The Hearty Soul

Leia também: Pesquisadores descobrem como “desligar” gene que faz com que câncer de mama se desenvolva

A combinação do Herceptin com o Lapatinib foi testada em 257 mulheres portadoras do câncer HER2-positivo. Os dois medicamentos já são utilizados em tratamentos de câncer, mas essa foi a primeira vez que eles foram testados juntos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E parece que o resultado deu muito certo!

De todas, 66 pacientes não tinham células cancerígenas no final dos 11 dias de tratamento e 7 delas estavam com o tumor bastante reduzido.

Leia também: Pesquisadores descobrem célula capaz de curar diversos tipos de câncer

Sem sessões de quimioterapia, as pacientes apontaram melhoras em apenas 11 dias. O tumor foi totalmente eliminado e as pacientes passam bem.

A pesquisa foi financiada pela Cancer Research UK e o próximo passo é testar e eficiência do tratamento em outros tipos de câncer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Até o início da pesquisa, o Herceptin só poderia ser utilizado na quimioterapia. Com esses avanços, agora o medicamento está liberado para uso individual. Vamos torcer para que esses cientistas consigam produzir um medicamento eficiente e possamos eliminar o câncer de mama definitivamente!

Veja também:

 

FONTE: The Hearty Soul 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.