Cientistas de Manaus estudam animais da Amazônia para impedir novas pandemias

Antecipando-se ao surgimento de novas pandemias, em Manaus (AM), cientistas trabalham na descoberta de novos vírus examinando amostras de fezes, sangue e outros tecidos e fluídos de mais de 100 animais da floresta amazônica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Instalados em um antigo hotel militar, os pesquisadores são responsáveis por coletar e levar as amostras para o Biobanco Amazônia da Fiocruz, no escritório regional do instituto na Amazônia.

O vice-diretor de pesquisa e inovação do laboratório, Felipe Naveca, conduziu um dos primeiros estudos genéticos da variante do coronavírus que surgiu em Manaus. “Devemos trabalhar em busca de novas ameaças”, afirma.

cientistas analisam amostra sangue animal floresta amazônica
Foto: DADO GALDIERI/HILAEA MEDIA

Das 40 espécies de animais abrigadas no prédio, a maioria são macacos, morcegos e roedores, os mamíferos considerados mais propensos a transmitir doenças às pessoas. Há, ainda, espécies de insetos que podem transmitir patógenos para humanos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao examinar as amostras, os cientistas esperam poder evitar novas zoonoses, doenças que passam dos animais para os seres humanos, antes que fujam do controle e deem origem a uma nova pandemia, como a do novo coronavírus.

“O que eles estão fazendo é brilhante e importante”, diz Andrew Dobson, biólogo da Universidade de Princeton que estuda a ecologia de doenças na vida selvagem.

A síndrome respiratória aguda grave e a Covid-19 tiveram origem na China. Outra doença recente por coronavírus, a síndrome respiratória do Oriente Médio, foi encontrada pela primeira vez na Arábia Saudita.

Porém, muitos pesquisadores suspeitam que as florestas tropicais são o berço mais provável de novos patógenos perigosos.

Apenas na floresta amazônica estão cerca de 12% das 1.400 espécies de morcegos do mundo, conhecidas por hospedar uma gigantesca variedade de vírus. Os macacos e roedores da floresta também carregam inúmeras ameaças.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ameaças cada vez mais próximas dos seres humanos devido à destruição do habitat desses animais. Cenário que torna ainda mais relevante o trabalho dos cientistas! 👏

Fonte: Science


Quer mais uma história para te inspirar? Temos! 
👇

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,462SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Refugiado sírio agredido no Rio recebe homenagem da Câmara e é acolhido por população

O refugiado sírio Mohamed Ali Abdelmoatty Ilenavvy, de 33 anos, foi agredido em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, no fim de...

Funcionários de loja presenteiam garoto engraxate com tênis

Vimos uma publicação no Facebook nesta semana e gostaríamos muito de compartilhar com vocês. Um cliente estava em um Shopping para comprar um tênis e...

Quantas histórias guarda uma xícara de café? Este especial vai mudar a forma como você toma a paixão nacional

Através de uma incrível press trip pela Nescafé, conhecemos pessoas que nos ensinaram que por trás de uma xícara de café tem história, cultura e longos meses de dedicação.

Menina de 2 anos guia os pais deficientes visuais no dia a dia

"Eu acho que quando Deus decidiu nos presentear com Ana, ele disse: 'pronto, ela será os olhos da mãe e do pai - seus pés e suas mãos", diz Marlene, mãe da menina.

Carnaval de BH terá intérprete de Libras e espaço para pessoas com deficiência

Apesar das fortes chuvas, enchentes e deslizamentos de terra em Belo Horizonte nas últimas duas semanas, a cidade está preparada para sediar o maior...

Instagram

Cientistas de Manaus estudam animais da Amazônia para impedir novas pandemias 1