Mauricio de Sousa faz homenagem a cientistas brasileiras do coronavírus

A Mauricio de Sousa Produções homenageou as cientistas brasileiras que sequenciaram o genoma do coronavírus em apenas 48 horas, mais rápido que a média de 15 dias em outros países do mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ester Sabino e Jaqueline Goes de Jesus ganharam os traços das personagens Magali e Milena, da Turma da Mônica. Elas sequenciaram o genoma do coronavírus logo após o registro do primeiro caso brasileiro da doença infecciosa.

A homenagem faz parte do projeto Donas da Rua da História, que busca inspirar meninas e mulheres a ganharem mais espaço na ciência, na arte ou no esporte, tendo o apoio institucional da ONU.

Cientistas brasileiras coronavírus viram personagens Turma da Mônica
Imagem: Mauricio de Sousa Produções/Divulgação

Outra pesquisadora brasileira, Neiva Guedes, responsável pela retirada da arara azul da lista de animais ameaçados de extinção, também virou uma personagem da Turma.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Saber o genoma do Coronavírus abre espaço para o desenvolvimento de vacinas

O genoma é toda a informação hereditária de um organismo que está codificada em seu DNA. Esse conhecimento permite compreender a dispersão do coronavírus e detectar mutações que possam alterar a evolução da doença, favorecendo o desenvolvimento de vacinas e tratamentos.

Através da Yoga, uma voluntária está resgatando a autoestima de mulheres da periferia de SP.

Atualmente, Ester Cerdeira Sabino é professora do Departamento de Moléstias Infecciosas da Faculdade de Medicina da USP e diretora do Instituto de Medicina Tropical da USP, e a bioquímica Jaqueline Goes de Jesus faz pós-doutorado sob orientação de Ester.

Cientistas brasileiras coronavírus viram personagens Turma da Mônica
Foto: Almir R. Ferreira, SCAPI IMT

“É incrível ver duas mulheres cientistas tendo destaque com o trabalho que realizaram”, diz Mônica Sousa, mente por trás do projeto Donas da Rua da História e diretora executiva da Mauricio de Sousa Produções, em nota.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Nossa representatividade quanto mulheres deve estar em todos as áreas de atuação. São mulheres como elas que buscamos evidenciar e enaltecer o papel delas no campo da ciência, é fundamental para inspirar e incentivar meninas e mulheres.”

Durante o Mês da Mulher, nós aqui do Razões junto com O Boticário contaremos histórias de mulheres que ajudam mulheres. Vamos falar sobre essa linda rede de apoio, para mostrar que #SomosFeitasDeTodas. Acesse as histórias aqui.

Fonte: Correio Braziliense

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Voluntários realizam sonho de idoso cadeirante de escalar serra no interior de Roraima

Em 2001, estava tudo planejado para o seu Evandro Almada subir a Serra da Corcova, em Iracema, no interior de Roraima. Mas um AVC...

Mari Palma emociona ao revelar que pai cego fica em frente à TV para prestigiá-la

A jornalista e apresentadora Mari Palma, 30 anos, fez uma homenagem nas redes sociais carregada de amor e admiração pelo pai, Luiz Palma, que...

Pioneira, Los Angeles recicla garrafas PET para asfaltar ruas

O produto chega a ser 8 a 13 vezes mais forte que o asfalto convencional.

Youtuber “LubaTV” mantém projeto social que busca recursos para causas de saúde

Com mais de 6 milhões de inscritos somados em seus dois canais, "LubaTV" e LubaTV Games, o jovem de 26 anos Lucas Rossi Feuerschutte...

Após escola ser destruída a pedido do Governo, voluntários reerguerão projeto com vaquinha que arrecadou R$ 50 mil (DF)

QUE FELICIDADE! Graças a doação de mais de 600 transformadores, a @escoladocerrado vai conseguir montar sua escolinha itinerante, dentro de uma Kombi, onde os...

Instagram