Cientistas canadenses descobrem a cura para a diabetes e testes em humanos serão iniciados em breve

Segundo a OMS, há 422 milhões de pessoas no mundo com diabetes. A doença pode trazer várias complicações se não for tratada e, até o momento não havia cura. Os pacientes tinham apenas como controlá-la.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Só que cientistas da Universidade de Alberta, no Canadá, trouxeram uma notícia maravilhosa para todos nós. Eles descobriram a cura da diabetes e testaram a sua eficiência em alguns camundongos. Agora, estão aguardando liberação de investimentos para começarem os testes em humanos.

cientistas canadenses descobrem a cura pro câncer
Foto: Claire Theobald / Edmonton Sun

Vaquinha para reformar casa de mãe e filho que corre o risco de desabar com chuva. Faça a sua contribuição!

Como foi descoberta a cura da diabetes?

O grupo de cientistas da Universidade de Alberta, usou uma técnica que promove o desenvolvimento de células-tronco em células pancreáticas. Com isso, é possível que o corpo volte a produzir insulina naturalmente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fomos capazes de tratar incontáveis ​​milhares de camundongos com essas células-tronco e efetivamente curar camundongos com diabetes ao longo de muitos anos”, disse Dr. James Shapiro, coordenador da pesquisa.

Trabalhamos com uma empresa chamada ViaCyte em San Diego, nos últimos 19 anos e essa empresa tem uma célula que é derivada de uma célula-tronco embrionária humana que produz insulina humana de uma forma regulada e perfeita”, explicou.

Dr. James pesquisa e realiza testes para a cura da diabetes desde a década de 90. Os resultados foram publicados a primeira vez no The New England Journal of Medicine em 2000, quando a técnica ficou ganhou o nome de “protocolo de Edmonton”.

Agora em 2020, a equipe já tem um processo muito mais certo e evoluído. A diferença entre os resultados daquela época e agora é que no novo processo o envolvimento de células-tronco desenvolve junto das próprias células do paciente, assim, a rejeição ao tratamento é impossível de acontecer.

Como ocorrerá o tratamento?

Essa é outra boa notícia que o Dr. James trouxe. A expectativa é que o tratamento aconteça apenas com uma injeção.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A definição disso depende da quantidade de recursos financeiros que a equipe de cientistas conseguir. Eles precisam de cerca de US$ 22 milhões (cerca de R$ 110 milhões) até 2022 pra que assim os testes comecem o mais rápido possível. Você pode doar aqui.

É necessário que haja dados preliminares e, idealmente, um punhado de pacientes que demonstrem ao mundo que isso é possível e que é seguro e eficaz”, concluiu o Dr. James.

Fonte: A Soma de Todos os Afetos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,644,941SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após trabalhar como faxineira para pagar estudos, colombiana vira engenheira da NASA. Conheça Diana Trujillo!

O quão improvável é uma humilde colombiana se tornar um engenheira da NASA? Para Diana Trujillo, 38 anos, o espaço sideral é o limite!...

No Ceará, rede de balanço é usada para ajudar na recuperação de bebês prematuros

Quem nunca deitou numa rede não sabe o que está perdendo, não é mesmo? Bebês prematuros internados no Centro de Neonatologia do Hospital Geral...

Casal gay alerta passageiros sobre seu bebê no voo e história viraliza

Os pais do bebê distribuíram uma cartinha e um tampão de ouvido para a tripulação, dizendo que o filho deles poderia chorar e já se desculpando de antemão.

Noiva convida avó para entrar como daminha de honra e emociona a todos em casamento

Muitas mulheres escolhem daminhas de honra para carregarem flores em seus casamentos. E vamos combinar: é sempre fofo demais. Normalmente, o casal convida crianças,...

Veterinário trata de graça cães de desabrigados nos EUA

Há quase dez anos, o veterinário Kwane Stewart percorre o litoral da Califórnia (EUA) examinando e tratando de graça animais de estimação de pessoas...

Instagram