Cientistas descobrem bactéria capaz de “comer” as embalagens de PET

Mais de 220 milhões de toneladas de plástico são produzidas a cada ano, e apesar de uma maior ênfase em programas de reciclagem, muito ainda é despejado em aterros sanitários e oceanos ao redor do mundo. Os EUA, por exemplo, só recicla cerca de 14% dos cerca de 33 milhões de toneladas de recipientes de plástico e embalagens que acaba em aterros a cada ano.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Agora, pesquisadores japoneses estão estreando o que poderia ser uma pequena solução para o grande problema de plástico. Ideonella sakaiensis 201-F6 é uma bactéria que come PET, um polímero utilizado em plásticos que é quase impossível de se biodegradar.

Com o I. sakaiensis, “você tem a chance de se livrar dos resíduos PET”, diz Uwe T. Bornscheuer, um bioquímico da Universidade de Greifswald na Alemanha.

Leia também: Máquina em SP troca garrafas PET e latinhas por créditos no bilhete único

O problema é que I. sakaiensis leva um tempo para degradá-lo. Em um laboratório, as bactérias levaram seis semanas para demolir uma fina película de PET, o que significa que não é uma solução rápida para as montanhas de shampoo vazio e garrafas de água que se acumulam.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas isso pode mudar logo. Os pesquisadores não só encontraram e isolaram as bactérias, eles também sequenciaram seu genoma, o que poderia permitir que futuros pesquisadores criem super bactérias que destruam PET mais rapidamente.

“Quando entendemos os princípios subjacentes, então podemos [potencialmente] melhorar a estirpe para torná-lo melhor e mais rápido”, diz Bornscheuer, acrescentando que as bactérias geneticamente modificadas teriam de ser usadas em ambientes controlados para evitar perturbar ambientes externos.

O I. sakaiensis não é o único organismo criado pela Mãe Natureza que come plástico. Certas variedades de fungos, micróbios marinhos e minhocas podem quebrar componentes plásticos, mas nenhum degrada tão completamente quanto o I. sakaiensis.

“No meu conhecimento, esta é a primeira bactéria que pode degradar totalmente PET”, diz. “Com certeza muitos cientistas vão ver isso como uma grande conquista, mas também como um novo ponto de partida para a sua própria investigação.”

3057700-inline-i-1-plastic-eating-bacteria

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

3057700-inline-i-2-plastic-eating-bacteria

Fonte: Fast Coexist / Imagens: Shutterstock

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM








Cientistas descobrem bactéria capaz de "comer" as embalagens de PET 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,144,250SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Como um depósito está fornecendo milhares de livros de forma gratuita

Do lado de fora, o The Book Thing parece um depósito como outro qualquer.

Animação fofa ensina que empatia “é sentir com as pessoas”

Você sabe o que é empatia? Nesta animação, descobrimos quatro modalidades de empatia, que, resumindo, tem a ver com a nossa capacidade de se...

Alunos doam valor de sua viagem para ajudar professora com câncer

Nem sempre as matérias sobre jovens e o sistema de ensino são positivas. Mas hoje, uma história para renovar a sua fé na humanidade! Por...

Após 30 anos, Will Smith reencontra mulher que o ajudou no início da carreira

O ator Will Smith, 51, fez uma incrível surpresa para a mulher que o ajudou no início da sua carreira e que agora está...

Cão tenta reviver sua companheira atropelada

Um cãozinho viralata ficou mais de seis horas ao lado de sua companheira, que foi atropelada em uma rodovia na China. Segundo algumas pessoas que...

Instagram

Cientistas descobrem bactéria capaz de "comer" as embalagens de PET 4