Cientistas britânicos imprimem córnea humana em 3D

É a primeira vez que uma córnea humana é produzida com a ajuda de uma impressora 3D. A descoberta dá esperança a milhões de pessoas ao redor do mundo que aguardam uma doação de córnea para não ficarem cegas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O experimento foi realizado por pesquisadores da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, e acredita-se que a técnica possa fornecer um número ilimitado de córneas, de acordo com informações do Independent e Good News Network.

Liderado pelo professor de Engenharia de Tecidos Che Connon, o estudo combinou células estromais retiradas da córnea de um doador saudável com colágeno e alginato (substância química usada para produzir membros artificiais), chegando a uma “bio-tinta” que pode ser utilizada em impressoras 3D.

Depois, os cientistas conseguiram imprimir um modelo de córnea utilizando o gel, comprimindo a tinta em círculos concêntricos, em menos de 10 minutos. “Muitos pesquisadores no mundo inteiro estavam buscando a bio-tinta ideal para tornar este processo viável”, disse Connon.

córnea impressora 3D
Técnica poderá salvar milhões de pessoas da cegueira

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em todo o mundo, estima-se que cerca de 10 milhões de pessoas necessitam de cirurgia para substituir a córnea doente por uma saudável, enquanto outros 5 milhões sofrem de cegueira total, devido a cicatrizes na córnea causadas por doenças, queimaduras e lacerações.

“Nosso gel exclusivo mantém as células vivas enquanto produz um material que é rígido o suficiente para manter a forma, mas macio o suficiente para ser espremido no bico de uma impressora 3D”, explica Connon.

Connon e sua equipe publicaram a descoberta na revista Experimental Eye Research. Eles também conseguiram construir uma córnea para atender às necessidades de um paciente. Após analisar o olho do voluntário, os pesquisadores usaram os dados coletados para imprimir uma córnea com as dimensões exatas.

“Nossas córneas impressas em 3D terão que passar por mais testes e levaremos vários anos até que possamos estar na posição em que as estamos usando para transplantes”, reflete o professor.

“No entanto, mostramos que é possível imprimir córneas usando coordenadas tiradas do olho do paciente e que essa abordagem tem potencial para combater a escassez [de córneas para doação] mundial.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Confira o vídeo sobre a descoberta:

Leia também!

Aplicativo ajuda deficientes visuais a identificar ônibus antes de embarcar

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos © Newcastle University/Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,411,289SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Eu Sou Sofia”: UNICEF lança campanha para falar de crianças que vivem em áreas de conflito

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançou no último dia 2 a campanha “Eu Sou Sofia”. A iniciativa foi criada pela...

Mulher doa peruca do próprio cabelo para amiga com câncer e sua reação emociona [VÍDEO]

Existem momentos na vida que só não derrubam a gente porque podemos contar com o apoio dos amigos. E que prova de amizade a de...

Violinista que perdeu braço em acidente emociona jurados de programa [VÍDEO]

A jovem japonesa Manani Ito toca violino desde criança, mas um trágico acidente em 2004 quase encerrou sua carreira musical antes mesmo dela começar. A...

Mais de cinco milhões de flores azuis compõem paisagem deslumbrante no Japão

Um “mar” de flores azuis, que se estende até onde os olhos podem alcançar. Esse espetáculo da natureza é visto em um parque lá do...

Em vídeo fofo, menino vende “obra de arte” da irmã para construir sua casa

Preocupado com a forte chuva que atingiu sua casa, Isaac fez o vídeo para vender o desenho da irmã.

Instagram