Cinturão com sensor reconhece objetos para deficientes visuais

O brasileiro Thiago Brito de Melo, estudante do último ano de engenharia mecatrônica no colégio Mackenzie, desenvolveu um aparelho para facilitar a vida de deficientes visuais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Trata-se de uma  prótese sensorial para ser usada como um cinturão. Este cinturão possui um  sensor infravermelho que consegue reconhecer o ambiente ao redor dele e vibra ao identificar algum obstáculos e assim ajuda a impedir acidentes.

“Com a bengala, os deficientes não conseguem identificar obstáculos acima da cintura, isso é um problema muito sério, eles sofrem constantemente com lesões, podem se machucar”, disse Thiago.

O projeto, que foi apresentado na Campus Party, deve ir além ainda e, com o uso de softwares e aplicativos diferentes, pode servir para reconhecimento facial e identificar pessoas ao redor, ajudar na identificação de cores, ou servir como GPS (localizador). “Você consegue oferecer a ele a habilidade de ter a iniciativa de conversa, de conseguir abordar seus amigos”, disse o autor.

O custo da prótese varia de R$1 mil a R$ 2 mil e pesa aproximadamente 1,5 quilo (Kg).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

cinturão-sensor-cegos-close

Fonte: Só Notícias Boas

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,763,858SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Alerta fofura: O antes e o depois de cachorros que ganharam novo visual

A fotógrafa especialista em fotografias de animais, Grace Chon, produziu um ensaio que mostra o antes e o depois de cachorros que tiveram seus...

Em parceria com o Instagram, Miley Cirus faz campanha para apoiar os transgêneros

A campanha leva o nome de #InstaPride e quer abrir um espaço ainda maior a transgêneros e pessoas de gênero fluído. Além de convidar...

Pesquisadores brasileiros desenvolvem plástico orgânico comestível que se decompõe em 3 meses

A tecnologia está cada vez nos ajudando a resolver questões relacionadas ao meio ambiente. Depois de duas décadas de pesquisas, pesquisadores da Embrapa Instrumentação,...

Família reencontra cachorro 10 anos após o seu sumiço em Curitiba (PR)

Há dez anos, Snoopy, um filhote vira-lata, fugiu de casa para jamais retornar. Hoje um cachorro idoso, ele foi reencontrado por sua família na...

Instagram