Circo alemão cria lindos hologramas por se recusar a usar animais reais

Quando pensamos em um circo, muitas vezes imaginamos palhaços, malabarismos, confetes e… animais. Por sorte, essa não é a regra.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Historicamente utilizados como atrações circenses, elefantes, tigres, leões, macacos, dentre outros animais, foram explorados por séculos, tendo seu auge nos séculos XVIII e XIX.

[O Esdras é um protetor de animais e fez uma vaquinha para comprar um terreno para construir o abrigo e poder salvar ainda mais animais, vamos ajudá-lo? Acesse aqui.]

Após os shows, esses animais estavam sujeitos a maus tratos, alimentação precária, exposição à doenças e muitos morriam no trajeto entre uma cidade e outra, em navios superlotados.

Essa realidade felizmente tem mudado com legislações governamentais mais duras, ou, de forma ainda mais positiva, com uma maior consciência dos circos ao redor do mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um deles, o Circus Roncalli, na Alemanha, se tornou o primeiro do mundo a substituir completamente suas atrações animais por hologramas de ponta.

Circo alemão que se recusa a usar animais, cria lindos hologramas para admirá-los

Leia tambémMalabarista da periferia de SP faz sucesso mundo afora e leva sua arte a comunidades que nunca viram um circo

O objetivo do circo é repudiar os maus tratos contra animais e acabar com o seu sofrimento, uma vez que eles são obrigados a participar das atrações circenses, não estando ali por vontade própria.

Assim, combina-se a admiração tecnológica dos seres humanos (com os hologramas) e o fascínio pelos maiores e mais exuberantes animais da Terra, em 3D. Todos saem ganhando: o público continua entretido, enquanto os animais prosperam em seus habitats naturais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Circus Roncalli surgiu há quase 250 anos, comandados por Philip Astley. Ele fazia acrobacias com cavalos. Após algum tempo, a atividade do local passou a incluir outros animais, muitos deles, selvagens. Tornou-se comum ver animais fazendo espetáculos de circo e sendo maltratados.

Os tempos mudaram, campanhas contra circos que usam animais conseguiram expor a situação e cada vez menos pessoas participam dessas funções, o que os obrigou a se reinventar.

Circo alemão que se recusa a usar animais, cria lindos hologramas para admirá-los

O Circus Roncalli, por exemplo, optou por 11 projetores a laser Optoma ZU850, lentes BX-CTA03 estrategicamente localizadas em uma tenda de 32 metros, e o resultado é fantástico.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

T0dos os animais são recriados em 3D e podem ser vistos a 360 graus, o que significa que ninguém fica sem vê-los.

Animais como o peixe voador, cavalos, elefantes e tigres são apresentados, para o deleite da plateia.

Circo alemão que se recusa a usar animais, cria lindos hologramas para admirá-los

Sem dúvidas, uma proposta super inovadora e revolucionária que deverá inspirar outros circos ao redor do mundo a fazer o mesmo.

[Ajude o Esdras a comprar o terreno para fazer o abrigo de animais, acesse aqui]

Abaixo, pode ver um breve vídeo dos hologramas:

Leia tambémTrupe de palhaços faz apresentação na frente da casa de menino que não pode andar

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Portal do Animal
Fotos: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,277,197SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Restaurantes de São Paulo participam de campanha para inclusão de deficientes visuais

Campanha beneficiará 1.300 pessoas com deficiência visual.

Iniciativa em SP debate sobre pessoas trans no mercado de trabalho e na área de TI

No último sábado (2), acompanhamos a 3º edição do </> Juntos na TI, uma iniciativa em SP que debate sobre pessoas trans no mercado...

Filhote de onça rara recebe tratamento e volta a enxergar no MT

Um fazendeiro encontrou um filhote de onça-pintada melânica abrigada em seu rancho. O homem chegou a ficar com o filhote por alguns dias, mas...

Vovó confunde música da Alexa com “chamado para o além” e acha que vai morrer

Uma thread no Twitter tem divertido muita gente essa semana. E o motivo é o um post da jornalista Giulia Staar Ghinone, que contou...

Nadador vence câncer e fatura medalha nos Jogos Pan-Americanos

O nadador norte-americano Nathan Adrian, de 30 anos, é uma das grandes estrelas da natação nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Na terça-feira (6), ele...

Instagram

Circo alemão cria lindos hologramas por se recusar a usar animais reais 2