Consumidores pagam cerveja Corona com plástico reciclável na semana mundial dos oceanos

Cerca de oito milhões de toneladas de plástico chega aos oceanos a cada ano, poluindo esses ambientes e colocando em risco a vida marinha. Com o objetivo de chamar a atenção para a importância do combate a esse problema, a cerveja Corona – marca que convida a aproveitar a vida em contato com a natureza –, em parceria com a Parley for the Oceans, inicia hoje uma campanha global para comemorar a semana do Dia Mundial dos Oceanos (8 de junho). Nesse período, os consumidores poderão pagar por Corona utilizando plástico.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No Brasil, Corona e Parley instalaram na cidade do Rio de Janeiro vending machines que trocam garrafas plásticas por cervejas. As máquinas estão em funcionamento em cinco estabelecimentos da capital fluminense durante o mês de junho. A iniciativa também acontece em centenas de estabelecimentos – que vão desde pontos de venda a bares – no México, Itália, Espanha e Colômbia. A lista completa dos locais que aceitam o pagamento da cerveja com plástico está disponível aqui.

Consumidores pagam cerveja Corona com plástico reciclável na semana mundial dos oceanos

Leia também: Corona anuncia programa para produzir engradados 100% sem plástico em 2019

“Atualmente, 85% do plástico consumido no mundo não é reciclado e acaba descartado nos oceanos. Isso exige uma atuação imediata de todos se não quisermos que a expectativa assustadora de que até 2050 existam mais plásticos do que peixes nos mares se concretize, acabando assim com nossos paraísos naturais”, afirma Fernanda Federico, gerente de marketing de Corona. “Essa ação de trocar as garrafas plásticas por cerveja foi uma forma que encontramos de interceptar os plásticos antes que eles cheguem ao mar e de também transformar esse material em itens que possam ser utilizados pela população como ecobags”, complementa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Consumidores pagam cerveja Corona com plástico reciclável na semana mundial dos oceanos

Para utilizar as vending machines de Corona e Parley no Rio de Janeiro, os consumidores deverão inserir três garrafas plásticas (de 300 ml a 2 l) na máquina e, automaticamente, receberão um voucher para troca pela cerveja. Todo o plástico recolhido será enviado a uma empresa de reciclagem no Rio de Janeiro. Também como parte da campanha do Dia Mundial dos Oceanos, ao longo de junho, a cerveja Corona realizará uma promoção na qual na compra de dois packs de cerveja da marca (12 unidades), os consumidores receberão uma ecobag, produzida a partir de plástico reciclado.

Parceria Corona e Parley

Desde o início deste ano, Corona e Parley estenderam para o Brasil a parceria global, com ações voltadas a proteger os oceanos e praias de todo o mundo. Até o momento, as duas marcas já promoveram mais de 500 ações de limpeza de praia, com 25.808 voluntários em 23 países. Suas ações se baseiam em três grandes pilares: evitar o uso de plásticos; interceptar e recolher esses materiais nas praias; e recriar as maneiras, os materiais e o pensamento por trás do plástico.

Consumidores pagam cerveja Corona com plástico reciclável na semana mundial dos oceanos

No Brasil, ao longo de 2019, Corona e Parley realizarão mais de 20 limpezas de praias e diversas campanhas e iniciativas de conscientização e de mobilização para combater o lixo nos oceanos. Até o momento, o projeto envolveu aproximadamente 250 pessoas e retirou mais de 300 quilos de lixo de praias de Fernando de Noronha, Rio de Janeiro, e Florianópolis, ajudando a proteger esses paraísos naturais e a propagar a mensagem do projeto e da importância de abraçarmos atitudes mais sustentáveis para garantir um futuro melhor para o nosso planeta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para saber mais e como você pode participar do projeto, acesse o site da Protect Paradise.

Leia também: Corona e Parley lançam no Brasil projeto global de combate ao plástico nos oceanos

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fotos: Divulgação/Corona

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto da USP vai levar fogões solares para comunidades vulneráveis de São Paulo

A USP está com um projeto muito bacana, que levará fogões solares para as comunidades de baixa renda em São Paulo. Eles darão os fogões...

Neto diz para avó que está ‘viciado em Alok’ e sua reação é a mais fofa: “Eu vou te levar num psiquiatra”

E a dona Carminha que descobriu que o neto Leo é ‘viciado em Alok' e disse que ia levá-lo ao psiquiatra? A gente não tem...

Cientista desvenda as emoções por trás de cada tipo de lágrima

Você já se perguntou se as lágrimas de dor são diferentes das lágrimas de alegria? Rose-Lynn Fischer sim. Foi essa pergunta que a fez analisar as estruturas das lágrimas usando poderosos microscópios.

Garoto de 7 anos vira sensação ao trazer cabelo afro para o centro da moda

Farouk James tem apenas 7 anos e já está fazendo o maior sucesso nas redes sociais com seu sensacional cabelo black power e estilosos...

Cantor paquistanês interrompe show para ajudar mulher que estava sendo assediada na platéia

Alguns usuários das redes sociais disseram que eles só voltou a cantar depois que teve certeza que as outras mulheres na platéia estavam a salvo.

Instagram