Clínica gratuita liderada por muçulmanos em Detroit ganha muitos voluntários depois da posse de Trump

Uhith Musabbir, filho de imigrantes, dirige a única clínica de saúde beneficente de muçulmanos de Detroit, nos Estados Unidos, desde 2004.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Clínica Huda se situa entre lotes vazios e prédios abandonados, fornecendo cuidados, independente da religião,  aos menores de idade e as pessoas que não possuem seguro de saúde, há 13 anos, com médicos, oftalmologistas, odontologistas, psiquiatras e podólogos.

Desde novembro do ano passado, a clínica teve uma ótima mudança: o número de voluntários aumentou.

Após as eleições, o Conselho da Comunidade Muçulmana de Michigan recebeu muitas mensagens de pessoas que diziam: “Precisamos nos voluntariar e nos envolver mais em nossa comunidade”, diz Musabbir.

Leia também: Muçulmanos arrecadam fundos para reconstruir cemitério judaico atacado

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O conselho então enviou muitos voluntários – alguns muçulmanos, muitos não – para a Clínica Huda.

“Temos orgulho dos nossos voluntários. Não seríamos capazes de dirigir nossa clínica diária se não fosse por eles “, diz Musabbir.

A clínica também trabalha para capacitar as crianças através da educação na comunidade, apesar de não oferecer cuidados pediátricos. Segundo Nabeel Shahzad, estudante de medicina e presidente do Conselho Consultivo de Huda, a clínica oferece um programa “Médicos por um dia”, que permite que crianças em idade escolar vivenciem um cenário clínico, se vestem, brincam e aprendem interativamente como cuidar de seus corpos, através de nutrição e exercícios.

Recentemente, a clínica fez uma parceria com Paul Mitchell Escola de Beleza, que oferece cortes de cabelo para os sem-teto, além de proporcionar exames médicos gratuitos a mais de 150 pessoas desabrigadas e coletar mais de 75 mil garrafas de água para as famílias afetadas pela crise da água Flint.

Mas, seu programa mais bem sucedido  é provavelmente o Huda Urban Garden ( em português, jardim urbano de Huda).A ideia foi de Babar Qadri, que passa um dia por semana cuidando de pacientes na Clínica Huda como assistente médico e diretor educacional.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a ajuda de organizações como Buckets of Rain, Urban Farm Development Managers LLC, e o canal 955’s Mojo in the Morning, o jardim de 6.000 metros quadrados alimenta mais de 1.000 pessoas por ano. As frutas frescas e legumes são dadas aos pacientes.

“A coisa linda sobre o jardim de Huda é que está trazendo muitas organizações para  alimentar povos,” Qadri diz, “desde que o jardim começou, trouxe uma sensação da paz aos vizinhos. ”

Leia também:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Reunião de memes: Chloe encontra Giovanna (do forninho) em São Paulo!

Fotos de noiva que transformou seus amigos em ‘madrinhos’ viraliza na internet

Clínica gratuita liderada por muçulmanos em Detroit ganha muitos voluntários depois da posse de Trump 3 Clínica gratuita liderada por muçulmanos em Detroit ganha muitos voluntários depois da posse de Trump 4Clínica gratuita liderada por muçulmanos em Detroit ganha muitos voluntários depois da posse de Trump 5

Todas as fotos: Divulgação Huda ClinicVia

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,844,630SeguidoresSeguir
24,858SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Neto cai no choro ao rever os avós após 8 meses de quarentena

Há mais ou menos oito meses, o pequeno Ayden Lusher, de Kentucky (EUA), estava sem ver seus avós, que moram na Flórida. A família entrou...

Jovem cria biblioteca para proteger crianças das drogas e da prostituição

Um lugar onde crianças e adolescentes podem sonhar com um futuro longe das drogas, do alcoolismo e da prostituição.

Médica já doou mais de mil enxovais para gestantes com poucos recursos

A médica obstetra Danysa Nascimento começou a campanha de arrecadação de enxovais inspirada na mãe.

Rapaz desempregado encontra jovem que lhe deu R$ 100 por engano no ônibus

Em um gesto de solidariedade, Jefferson Roberto Daniel, 24 anos, emprestou seu Bilhete Único a uma mulher que não tinha o cartão ou o...

Instagram

Clínica gratuita liderada por muçulmanos em Detroit ganha muitos voluntários depois da posse de Trump 6