Coala sem patinha anda novamente graças à prótese sob medida feita por um dentista

0
1887
protese patinha coala 4

Foi em 2017 que a enfermeira Marley Christian encontrou o coala Triumph ao lado da mãe, morta, em Nova Gales do Sul, Austrália. O coitadinho tinha acabado de ficar órfão e estava morrendo de medo; foi quando ela se deu conta de que ele também havia perdido uma de suas patinhas. Marley o resgatou e, graças ao dentista Jon Doulman, que construiu uma prótese sob medida, Triumph hoje vive como qualquer animal de sua espécie.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

protese patinha coala 1
Foto: Brad Mustow

Com apenas três patas, o coala tinha muita dificuldade de locomoção. Foi então que a enfermeira passou a ir atrás de soluções e descobriu uma empresa especializada em próteses animais. O caminho não foi fácil e a empresa não conseguiu solucionar o caso de Triumph. Depois de mais de um ano de diversas tentativas, ela conheceu Doulman, especialista em próteses dentárias.

protese patinha coala 2
Foto: Brad Mustow

O dentista disse que poderia ajudá-la com a prótese e foi o grande responsável pela nova vida que o coalinha ganhou. “Eu tiro impressões de bocas, e todas as arcadas dentárias são diferentes. Então, me ocorreu que poderia fabricar algo sob medida para ele”, contou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

protese patinha coala 3
Foto: Brad Mustow

Hoje, felizmente, ele pode subir nas árvores, correr e pular normalmente. “Depois de calçar a pata, ele deu um pequeno salto, depois começou a correr e a subir. Na verdade, eu chorei. É a melhor coisa que já aconteceu, eu faria absolutamente qualquer coisa por este pequeno”, comemora o dentista.

protese patinha coala 4
Foto: Brad Mustow

A prótese é cor de rosa e possui uma tira de velcro e uma sola especial para facilitar a aderência durante a caminhada e escalada. Atualmente, Triumph tem 5 anos e é um dos maiores exemplos de quando a sorte encontra a boa vontade 🥰

Devido ao aquecimento global, a região de Nova Gales do Sul vem sofrendo uma série de incêndios florestais nos últimos anos. Segundo especialistas, cerca de 30% da população de coalas foi dizimada pelo fogo. Muitos deles, ficam sem famílias e não possuem autonomia suficiente para viverem sozinhos na natureza, como era o caso de Triumph, que felizmente foi encontrado e salvo graças à empatia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: R7

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.