Diariamente, cobrador ajuda deficiente visual a entrar em ônibus no DF – veja o vídeo

Deficiente visual desde o nascimento, Roberto Carlos Moreira, 53 anos, pega todos os dias o ônibus da linha 501.3, no bairro Riacho Fundo II, em Brasília, em direção ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), onde trabalha na área de telefonia. Desde que conheceu o cobrador Rafael Almeida, 27 anos, e o motorista Edelcio Gonçalves dos Santos, 60 anos, o percurso da porta do ambulatório até a entrada no coletivo ficou muito mais fácil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao término do expediente, meio-dia, o funcionário do Hran deixa o serviço e espera pela chegada de Rafael, que vai até a porta do hospital para buscá-lo, alguns metros distante do ponto. Aguardando ali, Edelcio fica com o veículo parado até Roberto subir e se acomodar no ônibus.

Ajuda para universitária que ficou tetraplégica perto de se formar

cobrador ajuda cego a entrar em ônibus todos os dias no DF

Amizade entre cobrador, motorista e passageiro

O cobrador conta que já fica atento quando o ônibus se aproxima da parada, para buscar Roberto e seguir o percurso. “A gente percebeu que várias pessoas passam por ele e não ajudam, mesmo com a clara dificuldade dele em chegar aqui no ponto. Então, resolvemos ajudar e acabamos até fazendo amizade com ele”, conta Rafael.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Mari Palma emociona ao revelar que pai cego fica em frente à TV para prestigiá-la

Edelcio, que trabalha como motorista há mais de três décadas, relembra como eles se conheceram. “Sempre que parava naquele lugar, via a dificuldade do Roberto. Daí, falei para o Rafael, que é sempre muito comunicativo: ‘Pega ele lá para nós’. Depois desse dia, virou rotina e nós nos tornamos colegas”.

Seu Roberto conta que o gesto de gentileza ao próximo dos ‘rapazes do ônibus’ são muito importantes no seu dia a dia, mas reclama da falta de acessibilidade crônica da cidade. “Quando vou para casa, é sempre um malabarismo, porque na quadra que moro falta muita acessibilidade para a comunidade cega. Encontrar pessoas assim, que se mobilizam para nos ajudar, é muito bom. Mas a comunicação é essencial para tudo isso”, ressalta.

Ajuda para universitária que ficou tetraplégica perto de se formar

As filmagens que mostram a boa ação do cobrador e motorista foram registradas e publicadas nas redes sociais por Larissa Crhistini Mendes Almeida, uma recepcionista que embarca na linha 501.3 todos os dias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O vídeo postado em seu perfil do Twitter já obteve mais de 80 mil visualizações. “Achei uma cena muito bonita. Descer daquela cadeira de cobrador é bem difícil: ele tem de fazer bastante esforço para ir lá buscar o homem cego. Aí, decidi filmar e postar, porque a gente não vê muitas pessoas fazendo isso”, explica.

Veja o vídeo abaixo:

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Metrópoles/Fotos: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sancionada lei que permite doação de refeições não vendidas a pessoas em vulnerabilidade no Brasil

Em vigor desde o ano passado, a Lei 14.016/2020 prevê a doação de alimentos e refeições não comercializados por parte de supermercados, restaurantes e...

Repórter quer adotar gatinho fofo que “atrapalhou” gravação de matéria [VÍDEO]

A cena é uma graça de assistir. Bem na hora em que o repórter Artur Lira estava gravando uma reportagem, um gatinho começa a...

Pai amoroso faz com que sua filha gótica se sinta em casa num comovente comercial

Este vídeo é um comercial viral da Hornbach, uma loja alemã de móveis e equipamentos para casa com o conceito DYI (Do It Yourself ),...

Exposição da Vila Oficial do Chaves está de volta em shopping de SP

Se você é fã do seriado “Chaves” e cresceu assistindo às histórias da vila mais famosa do mundo, e mora ou estará em São...

Ele escapou da morte só com as duas patas dianteiras, sobreviveu e ganhou três cadeiras de rodas

Abandonado e com poucas chances de sobreviver, o gatinho Cassady lutou bravamente pela vida durante as nove semanas que passou na floresta de British,...

Instagram