“Coisa de preto”: o mundo primitivo do preconceito

Clique e ouça:

Esse é um depoimento de alguém que foi visto por olhos pequenos por causa de sua cor. A sua resposta tem uma coisa de revez, de supremacia e de força.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Após o acontecido com o tal jornalista da Globo lembrei-me de um episódio que aconteceu no Extra São Carlos no ano de 2002 quando eu estava fazendo teste para cartazista.
Estava lá um rapaz negro arrumando as gôndolas que também estava em teste, e um cidadão de cor branca (também funcionário) começou a ofende-lo dizendo que merda era o que negro fazia de melhor. Eu vi a situação e me senti mal por uns instantes. Voltei alguns minutos depois com cartazes impecáveis. Pra minha sorte ou pela fé, o mesmo branco voltou para ver meus cartazes sem saber que eu os tinha feito. Ficou surpreso e soltou um elogio sem tamanho. Prontamente respondi: Gostou? Ficou um belo trabalho de preto não? Eu que fiz.

Força e poder para o povo preto.”

Esse texto pertence à Fabio Marçal e é um reflexo de uma experiência primitiva e sem o menor nexo.

Até quando seremos apenas a cor, a aparência e a forma? Até quando seremos produtos, com rótulos bem elaborados? Quando é que vamos olhar pro outro como uma continuação de nós mesmos? Quando vamos nos dominar pelo amor?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,074,695FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,447SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Policial compra bolo de aniversário para jovem que chorava por terem esquecido a data

O que você faria se todo mundo que você conhecesse esquecesse de seu aniversário? Esta situação, hipotética para muitos, aconteceu com um garoto tailandês....

Após 8 anos presos em gaiolas, leões de circo são resgatados e pisam na grama pela primeira vez

Não é de hoje que percebemos uma mudança radical nos cuidados aos animais de circo. O público tem cobrado mais responsabilidade com espaço, alimentação...

Internautas impedem falência de camisaria de idoso e vaquinha arrecada mais de R$50 mil em menos de 24h

Genteee, conseguimos! Batemos a meta da vaquinha pro Seu Pedroso não perder sua pequena camisaria, que ele tem há 75 anos. A história do vovô...

Instagram

"Coisa de preto": o mundo primitivo do preconceito 14