Estudante conserta e doa centenas de cadeiras de rodas a crianças necessitadas


Estudante conserta e doa centenas de cadeiras de rodas a crianças necessitadas
PUBLICIDADE ANUNCIE

Um estudante universitário indiano se comprometeu com a missão de resgatar, consertar e doar cadeiras de rodas abandonadas ou não-utilizadas para pessoas que muito precisam delas, mas não podem comprar.

Mohan Sudabattula é o mentor por trás do Projeto Embrace (Abraçar): uma organização sem fins lucrativos que doa não só cadeiras de rodas, mas também muletas, aparelhos ortopédicos, andadores e equipamentos de reabilitação.

O jovem de 23 anos e sua equipe de voluntários coletam os equipamentos vasculhando prateleiras empoeiradas de brechós e aceitando doações pessoais de membros da comunidade.

Em seguida, todos os equipamentos são limpos e reformados antes de serem encaminhados para instalações médicas e residências de baixa renda espalhadas pela Índia.

Estudante encontra e doa centenas de cadeiras de rodas a crianças necessitadas

“Para alguém cujo cônjuge usou uma cadeira de rodas por toda a vida antes de falecer, é difícil pensar que esse equipamento irá para o lixo”, disse um dos voluntários do Embrace ao jornal The Washington Post. “Então essas pessoas doam para nós e se sentem muito agradecidas por isso. E então, ver o rosto do destinatário [que recebeu a doação] é extremamente recompensador”, disse o estudante.

Mohan foi inspirado a lançar o projeto assim que entrou na universidade e começou a voluntariar no departamento de próteses de um hospital próximo do campus.

Sempre que um dos pacientes não precisava mais utilizar uma prótese, ela era simplesmente descartada. As próteses não podem ser reutilizadas porque são adaptadas para cada paciente, mas Mohan não pôde deixar de se perguntar se poderia resgatá-la de algum jeito, ou mesmo outros equipamentos médicos descartados.

Estudante encontra e doa centenas de cadeiras de rodas a crianças necessitadas

Ele se lembrou de um orfanato na Índia para crianças deficientes que visitou com seus pais em 2006, quando ele mesmo também era uma criança. Como os jovens não tinham acesso a equipamentos médicos, eles mesmos criavam cadeiras de rodas improvisadas com móveis descartados e rodas de bicicleta.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Dez anos depois, Mohan retornou ao mesmo orfanato para doar dezenas de cadeiras de rodas e muletas – todas elas advindas do Projeto Embrace.

Desde a fundação da organização sem fins lucrativos em 2016, o grupo já doou mais de 900 equipamentos médicos e de locomoção reformados para hospitais de baixa renda da Índia e até dos Estados Unidos.

Estudante encontra e doa centenas de cadeiras de rodas a crianças necessitadas

“Muitas vezes, quando se trata de inovação e design em saúde, as pessoas tendem a não participar de debates profissionais porque não se sentem qualificadas o suficiente para contribuir com a discussão”, disse Mohan. “Isso é irônico porque o acesso à assistência médica (e à inovação em saúde) afeta a todos – naturalmente, todos devem se envolver.”

“Damos à nossa comunidade uma oportunidade de se envolver e rastrear para onde as doações individuais acabam indo, podemos mostrar à nossa comunidade exatamente onde seu impacto está sendo feito.”

Leia também:

“Tem havido muitos deslizes ao longo do caminho, mas fundar uma causa em que todos se sintam bem-vindos para contribuir para um bem maior sempre será a maior decisão que já tomei como estudante”, conclui o estudante.

Saiba mais sobre o Projeto Embrace:

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: GNN/Fotos: Reprodução/Project Embrace

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar