Motoboy em Ariquemes (RO) espera em fila de lotérica com idosa paraplégica e história viraliza


Idosa paraplégica aguarda fila de lotérica em cima de mototáxi em Ariquemes (RO)
PUBLICIDADE ANUNCIE

Uma imagem inusitada deu o que falar nas redes sociais. Uma idosa foi flagrada na fila de uma lotérica em Ariquemes (RO) em cima de um mototáxi, esperando para ser atendida.

A foto foi tirada na última terça-feira, 23. Inicialmente publicada em um grupo do Facebook, ela foi disseminada e compartilhada milhares de vezes, com diversos comentários de usuários fazendo piada com o flagra.

“Quando faltam cinco minutos para a lotérica fechar”, “Tem que fazer alguma coisa pra diferenciar da concorrência né”, “Eis que você compra a sua primeira moto, não larga nem pra dormir”, foram alguns dos comentários.

No entanto, o que praticamente ninguém sabia é que a história vai muito além de uma mera brincadeira ou fato inusitado: a idosa da fotografia, Maria Auxiliadora, teve poliomielite quando criança e perdeu o movimento das pernas. Ela se locomovia pela cidade com o auxílio de uma cadeira de rodas motorizada.

De acordo Cleoval Soares de Figueiredo, o mototaxista que a levou até a agência lotérica, a casa da senhora foi invadida e ladrões roubaram o carregador da cadeira.

Sem poder carregar a cadeira motorizada, ela não consegue sair de casa. Foi aí que Maria viu o mototaxista passando e o chamou para ajudá-la.

Leia tambémBares e restaurantes brasileiros começam a abrir espaço para a gastronomia sustentável

“Eu estava com um passageiro que desceu em frente a casa dela, ela estava na cadeira de rodas, na área da casa. Aí ela me perguntou se tinha como levá-la em uma agência bancária e de início eu falei que seria difícil, mas ela disse que dava um jeito de subir na moto e então aceitei fazer a corrida”, explicou Cleoval.

Idosa paraplégica aguarda fila de lotérica em cima de mototáxi em Ariquemes (RO)
Foto: Reprodução / Facebook

Com o auxílio do rapaz, Maria conseguiu subir na moto e eles foram à agência lotérica. A idosa queria resolver um problema no recebimento da sua aposentadoria, atrasada há dois meses.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Quando chegou no local, o mototaxista explicou a condição de Maria para o segurança, pedindo à ele que liberasse a entrada com a moto. Ele não permitiu a entrada e chamou a gerente da lotérica, que foi até o lado de fora para conversar com a idosa.

“Ela disse pra esperar lá fora até a vez da idosa ser atendida, que ela era a quinta da fila, e aí teria como entrar. Esperamos cerca de 30 minutos lá fora, até que abriram a porta e entrei, nisso alguém tirou a foto. Mas a idosa não recebeu o dinheiro e começou a reclamar, pois o pagamento estava atrasado”, detalhou Cleoval.

Sem conseguir resolver o problema, Maria pediu para o mototaxista a levar até o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado de Rondônia. Lá, o vigilante permitiu que ela entrasse na instituição e fosse atendida.

“Foram três corridas feitas. Fiquei com ela na garupa por mais de uma hora e meia. Quando a deixei em casa, ela disse que só tinha R$ 20, mas eu disse pra ela ficar tranquila, que o valor seria os das três corridas e que daria R$ 15. Daí ela me agradeceu e disse que teve muita sorte em ter achado um mototáxi que aceitasse fazer o que fiz”, relatou.

Trabalhando como mototaxista há quatro meses, Cleoval afirma estar bastante feliz pelo ato solidário e bondoso para com a idosa. Ele disse que parentes e amigos espalhados pelo país ficaram sabendo da notícia e lhe parabenizaram por sua atitude.

“É um sentimento muito bom e gratificante pra gente poder fazer isso, hoje em dia as pessoas só sabem criticar e não enxergam o verdadeiro significado das coisas. Muitas outras pessoas não aceitariam, mas eu me sensibilizei com a história dela, porque vi que ela realmente precisava do transporte para resolver esses problemas”, frisou.

Leia também“Comecei lavando louça, agora sou auxiliar de cozinha no restaurante”: projeto abre portas para mercado de trabalho

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: G1

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar