Após encerrar atividades religiosas, igreja doa imóvel para a APAE em Votorantim (SP)


Após encerrar atividades religiosas, igreja doa imóvel para a APAE em Votorantim (SP)
PUBLICIDADE ANUNCIE

Com a dissolução da Igreja Evangélica Universal Assembleia dos Primogênitos, em Votorantim (SP), o conselho de pastores decidiu, por unanimidade, doar o edifício para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município.

A entrega do imóvel aconteceu na quinta-feira (16). As atividades da instituição vinham sendo realizadas em um prédio de comodato do Grupo Votorantim, no bairro Santa Helena.

Todos os dias, a APAE atende cerca de 150 pessoas com deficiência.

A transferência do prédio da igreja durou mais de dois anos, em uma longa e burocrática espera entre as partes. No entanto, o local já tinha sendo utilizado pela associação para eventos e bazares beneficentes.

Leia também: Igreja usa o dízimo para quitar dívidas de 48 famílias de sua congregação

Segundo Pedro do Nascimento, de 64 anos, a doação da igreja para entidades filantrópicas e/ou de caridade já estava prevista no estatuto de fundação, escrito pelo seu pai, que atuava como pastor.

Após encerrar atividades religiosas, igreja doa imóvel para a APAE em Votorantim (SP)
Igreja Evangélica Universal Assembleia dos Primogênitos. Foto: arquivo pessoal.

A congregação foi construída há mais de 50 anos, relata Pedro. O terreno pertencia a um casal, Amaro e Maria, que deixou a área como herança para seu pai, Silvio Pedro Nascimento, onde ele deveria construir um templo. No mesmo terreno, havia uma casa construída nos fundos, cujo casal afirmou, enquanto vivos, que deveria permanecer como propriedade em nome do seu pai.

PUBLICIDADE ANUNCIE

“Na ocasião, meu pai disse que não queria que a casa ficasse no nome dele, pois ele achava que tinha ficar no nome da congregação. Após o falecimento do casal, os fiéis se reuniram e decidiram em assembleia da entidade administradora da igreja, que a casinha ficaria para o meu pai e que no terreno da frente, seria construída uma congregação. Meu pai ficou contrariado, pois ele era um homem muito simples e não almejava ter posses, mas teve que aceitar a decisão dos fieis de ter a casa em nome dele, mas não quis que a igreja ficasse em seu nome”, explica Pedro.

O templo foi construído graças às doações de fiéis e passou a ser patrimônio da própria igreja. No estatuto de constituição, escrito na década de 1960, constava que em caso de encerramento das atividades religiosas, os bens da igreja deveriam ser doados para uma entidade beneficente. “Os fundadores da igreja decidiram isso em assembleia”, disse Pedro.

A nova sede da APAE Votorantim está localizada na Av. Luiz do Patrocino Fernandes, nº 260, Vila Dominguinho.

Leia tambémEm leilão de igreja, pacote de macarrão é arrematado por R$ 12 mil após gesto humilde de idoso

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Gazeta de Votorantim

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar