Menina troca festa por doação de perucas para crianças com câncer


Menina festa doação perucas crianças câncer
PUBLICIDADE ANUNCIE

De repente você chega em casa e do nada sua filha vem com o seguinte pedido: “mãe, quero perucas de lã no meu aniversário”. Curiosa, você perguntaria o por quê desse pedido inesperado. Eis a resposta: “Quero doar para meninas que não têm cabelo”.

Algumas semanas antes de seu aniversário, a pequena Sofia surpreendeu positivamente a mãe, Mariana Alves, ao pedir à ela um pacote de perucas como presente. Ela comemorou no dia primeiro de agosto sete anos de idade, mas trocou sua festinha pelo ato de ajudar meninas que estão batalhando contra o câncer e que durante o tratamento via quimioterapia ou radioterapia, perdem os cabelos.

[Faltando apenas um ano para se formar em odontologia, a Ingred sofreu um grave acidente doméstico que a deixou tetraplégica. Para se graduar, ela precisa de um carro, pois a faculdade fica a 43 km de onde ela mora e Ingride não conta com transporte público. Vamos ajudá-la a fechar esse ciclo? Clique aqui e apoie.]

A mãe de Sofia vive em Venda Nova, um distrito e região administrativa de Belo Horizonte, e trabalha como analista comercial e gestora do Projeto Afago, que começou há três anos ao lado de uma amiga, Laysla.

Ao receber o pedido da criança, decidiu acatar, sem pensar duas vezes. Buscou ajuda voluntária para confeccionar 20 perucas de lã, conhecidas popularmente como “perucas de princesas”, visando doar às crianças com câncer atendidas pelo Hospital da Baleia, na capital mineira.

Menina festa doação perucas crianças câncer

Parte do imaginário infantil, as perucas de lã se assemelham aos cabelos das princesas dos contos de fadas e desenhos animados.

Não é preciso muito para produzi-las: basta fitas de cetim coloridas, algumas pedrarias, laços, bijuterias e novelos de lã. Para a montagem, são utilizadas tesouras, cola quente, agulhas de bordado em tapete de arraiolo e croché.

Leia também: Detentas fazem perucas para crianças com câncer em Criciúma (SC)

Mariana pouco entendia dessa arte e buscou auxílio da amiga Laysla, que divulgou nas redes sociais e descobriu uma iniciativa semelhante ocorrida em BH: “Tetê, minha amiga princesa”.

PUBLICIDADE ANUNCIE

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Projeto social (@luscofuscosocial) em

Logo, a mãe de Sofia contatou a artesã responsável pelo projeto e recebeu, além de sete perucas, aulas de produção dos acessórios de princesas.

Decidida a doar 20 perucas de lã para as crianças da ala oncológica do Hospital da Baleia, Mariana confeccionou as perucas que faltavam ao longo de julho.

Leia também: Vendedor de cocadas compra máquinas de costura para fazer perucas pra pacientes com câncer

Ao lado da filha, realizou a doação no primeiro dia desse mês, coincidindo com o aniversário de Sofia. Sensação de dever cumprido!

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Norte Livre/Fotos: Reprodução/Norte Livre

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar