Nos EUA, motoristas podem pagar multas com alimentos para necessitados


Polícia aceita pagamento de multas com doações de alimentos
PUBLICIDADE ANUNCIE

O departamento de polícia de Ohio, nos Estados Unidos, passou a permitir a doação de alimentos como pagamento de multas de estacionamento atrasadas.

Essa iniciativa tem se tornado uma tendência em alguns estados norte-americanos, que visam reduzir a inadimplência dos motoristas ao mesmo tempo que destina esses suprimentos para pessoas que estão passando por necessidades.

Alguns departamentos de polícia têm aceitado também doações de brinquedos, materiais escolares e até ração para cães como pagamento de multas.

Polícia aceita pagamento de multas com doações de alimentos

Recursos bem utilizados

A primeira ação do tipo surgiu em 2017, com o Departamento de Polícia de Lexington, Kentucky, que optou por aceitar alimentos enlatados em troca do perdão de tickets não pagos.

Neste mês, o Departamento de Polícia de Bay Village, no Condado de Cuyahoga (Ohio) fez uma parceria com o Departamento de Alimentação da cidade para coletar doações de alimentos até 25 de dezembro.

A expectativa é bater o recorde de doação do ano passado, quando 21 toneladas de alimentos foram arrecadadas para as famílias carentes do município.

Polícia aceita pagamento de multas com doações de alimentos

PUBLICIDADE ANUNCIE

Batizada de ‘Food for Fines’ (um trocadilho que soa como ‘Comida para Multas’), a ação social aceita doações a partir de US$ 25 em itens não perecíveis – de arroz e feijão a alimentos enlatados.

Leia tambémPolicial compra cadeirinhas para mamãe motorista ao invés de multá-la

O departamento de polícia espera que a iniciativa inspire outras regiões a lançarem campanhas de caridade semelhantes nos próximos anos.

“Há uma necessidade regular de cereais, latas de atum ou frango, sopa enlatada e papel higiênico”, escreveu o departamento em um post no Facebook. “Se você quiser doar, as doações serão aceitas no lobby do departamento de polícia 24 horas por dia, 7 dias por semana.”

Confira o post abaixo:

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: GNN/Fotos: Charleston’s TheDigitel, CC/Salvation Army USA West, CC

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar