Prodígio do crochê, menino de 11 anos levanta R$ 82 mil para orfanato na Etiópia


Prodígio do crochê, menino de 11 anos levanta R$ 82 mil para orfanato na Etiópia 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

Jonah Larson tem apenas 11 anos, mas já é considerado um prodigioso autodidata no crochê.

Quando tinha cinco anos de idade, usando materiais doados, ele confeccionou um pano de prato personalizado feito com a ajuda de um tutorial no YouTube. Apaixonado pela arte artesanal, desde então não parou mais.

“[…] Sempre penso em formas de fazer as coisas de maneira diferente. Fazer crochê, para mim, é um momento de tranquilidade, porque relaxa minha mente. E todo mundo deveria ter algo para relaxar a mente”, disse Jonah ao The LaCrosse Tribune.

Prodígio do crochê menino recursos para orfanato na Etiópia

Prodígio do crochê

O garoto hoje trabalha em trançados de abóboras, luvas, protetores de ouvido, chapéus, ponchos, guardanapos e até lhamas – seu animal favorito. Suas obras acabadas geralmente são doadas ou guardadas de recordação, nunca vendidas.

Admiradores de Jonah de todo o mundo costumam enviar materiais para ele continuar aperfeiçoando sua técnica. “Isso me surpreende todas as vezes”, disse. “Eu simplesmente não posso acreditar na generosidade das pessoas.”

Com apenas 11 anos, ele já tem seu próprio tutorial online de como aprender crochê, disponível gratuitamente para o público. Seu talento autodidata tem recebido reconhecimento: a revista “Crochet World” o convidou para ser a capa da edição deste mês e diversos talk shows norte-americanos o chamaram para ser entrevistado.

Prodígio do crochê menino recursos para orfanato na Etiópia

Desde fevereiro deste ano, o garoto é aconselhado pelo estilista Daniel Sheehan, que o orienta sobre o design de sua própria coleção de moda, que será lançada em breve. Sheehan, que tem diversas fotos e vídeos com o garoto no Instagram, conheceu Jonah pela internet e, como tantas outras pessoas, ficou admirado com seu talento.

PUBLICIDADE ANUNCIE

“Esse garotinho de voz infantil dizendo ‘olá amigos do crochê’ acabou chamando minha atenção”, disse o estilista de 44 anos. “Eu mostrei os vídeos dele para minha mãe, e ao final, ela estava com lágrimas nos olhos. Enviei uma mensagem a Jonah dizendo que gostaria que ele fosse meu amigo… Em 12 horas, recebi uma bela resposta dele.”

Leia também:

Ajuda para amigos que deixou na Etiópia

Além da habilidade com que manipula a agulha e sua velocidade em fazer os trançados, seu amor pela arte artesanal inspira outras pessoas. Recentemente, o garoto iniciou uma campanha de financiamento coletivo para construir uma biblioteca em sua cidade natal, na Etiópia, para que os amigos que ele deixou para trás no orfanato onde fora adotado “possam ter livros em suas mãos”.

Prodígio do crochê menino recursos para orfanato na Etiópia

Cerca de US$ 20 mil (R$ 82 mil) foram levantados até o momento; metade desse valor será destinado à organização sem fins lucrativos Roots Ethiopia, que fornece recursos básicos, como carteiras, cadeiras, lousas, livros e materiais científicos para alunos de escolas públicas sem recursos.

“Quero dar às crianças da Etiópia a chance de liberarem sua própria paixão e potencial. O talento e o amor que vieram desse presente agora podem se espalhar pelo mundo e voltar para o belo país que tanto amo”, explicou ele em sua página de financiamento coletivo.

O que o futuro reserva a Jonah? Ele diz que ‘quando crescer’, quer se tornar um cirurgião. A habilidade e confiança nas mãos ele já tem de sobra.

Saiba mais assistindo o vídeo abaixo:

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: GNN/Fotos: Reprodução/SWNS

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar