Rede social brasileira vai destinar 30% da receita de publicidade a causas socioambientais

Você compartilha momentos e ajuda causas socioambientais sem mexer no seu bolso.


rede social brasileira destina 30% publicidade causas socioambientais
PUBLICIDADE ANUNCIE

A Candowell é como as outras redes sociais, permite postar fotos e vídeos, com a diferença de que 30% da receita de publicidade é destinada a causas socioambientais, no Brasil e em outros países.

É uma rede social criada por brasileiros, o empresário da área de produção audiovisual João Queiroz e o músico e youtuber Matheus Queiroz. Já existe um valor reservado de 100 mil dólares (ou 440 mil reais) para a primeira doação, que acontecerá quando a rede alcançar 1 milhão de usuários – o valor será doado mesmo se ainda não houver receita publicitária.

Leia também: Conheça o Recomércio, empresa que revende celulares em desuso

“Até agora as pessoas estavam nas redes sociais apenas para compartilhar momentos, trocar ideias, mostrar o que estão fazendo. Nada contra isso. O usuário Candowell também pode e deve fazer tudo isso. Mas eu acredito que é muito legal saber que ao fazer essas coisas também se está ajudando, automaticamente, a gerar recursos financeiros para causas ligadas ao meio ambiente, à saúde e à educação”, conta João Queiroz ao Razões para Acreditar.

rede social brasileira destina 30% publicidade causas socioambientais

A Candowell fará as doações a partir do Instituto Candowell, que foi criado ao mesmo tempo e vai selecionar projetos que serão avaliados por um grupo de notáveis, formados por acadêmicos, sociólogos, lideranças ambientalistas e especialistas.

“A princípio, devemos considerar projetos que estejam relacionados com questões e temas prementes, avaliando tanto a relevância para os focos de transformação a que se propõem, quanto o potencial de gerar impacto, considerando ainda outros pontos importantes como, por exemplo, capacidade de mobilização”, explica.

PUBLICIDADE ANUNCIE

rede social brasileira destina 30% publicidade causas socioambientais

Após a seleção dos projetos, o usuário vai votar em um espaço desenvolvido para esse fim na própria rede social e escolher o destino das doações. O resultado poderá ser acompanhado em tempo real no site (www.candowell.com), que também dará acesso às informações sobre valores arrecadados e revertidos aos projetos.

Leia também: App ajuda pessoas com deficiência visual a lerem textos impressos

A periodicidade das doações ainda está para ser definida e os valores dependerão dos recursos recebidos ao longo do tempo, além da agilidade do processo operacional de doações, que inclui inscrição, análise, seleção e votação das instituições.

“Acreditamos que a maioria das pessoas deseja ajudar. Mas muitas vezes nem sabem como. Quando elas sentem que têm o poder de transformar positivamente diversos contextos, elas se envolvem e criam uma corrente do bem. Construir essa corrente é o nosso objetivo”, destaca João Queiroz.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

rede social brasileira destina 30% publicidade causas socioambientaiscrédito das imagens: Reprodução/Candowell

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar