Colégio em Aracaju (SE) realiza evento para que as crianças amem seus cabelos cacheados

banner reservaO Colégio do Salvador, em Aracaju (SE), realizou no último dia 26, um evento importante, com o objetivo de reafirmar o respeito aos alunos de cabelos cacheados e crespos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Intitulada Festival de Cabelos Lindos, a ação destacou o empoderamento e a aceitação de todos os tipos de cabelo, não somente no ambiente escolar, mas em todos os segmentos da sociedade.

O lema era “Meu cabelo não é moda, é identidade. Solte o cabelo e prenda o preconceito”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O festival foi desenvolvido a partir da ideia de combater casos de bullying e de preconceito.

“A escola inteira participou do evento, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Falar sobre o assunto e debater junto aos alunos acaba trazendo mais conscientização e segurança, sobretudo para quem tem cabelos cacheados e crespos. Meninos e meninas que nos emocionaram trazendo suas histórias e dificuldades por causa do seu tipo de cabelo, mostraram, hoje, a todos, a beleza do diferente!”, afirmou a coordenadora da Educação Infantil da escola, Nair Almeida.

A ação também contou com dicas de penteados e cuidados para os cabelos crespos, além de desfile com as cacheadas, leitura de poesia e sorteios de diversos brindes, como produtos de cabelo específicos e adereços.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O festival foi uma ideia incrível e muito importante para dar visibilidade à importância de aceitarmos todas as pessoas, com todos os tipos de cabelo. A escola está de parabéns”, disse a aluna, Maiara Quaranta.

O aluno Lucas Mateus da Silva também destacou a importância da campanha realizada pelo colégio. “Trabalhar este tema motiva os cacheados a aceitar o cabelo e não tentar se adequar aos padrões, como o de cabelo liso. Gostei muito”, acrescentou.

Os pais dos alunos que participaram do festival também aprovaram a ideia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Adorei a iniciativa do Colégio do Salvador em trabalhar o tema com as crianças. É importante para que ninguém sofra preconceito ou bullying”, reforçou Sueli Andrade.

Fotos: Roberto Trindade e Reprodução Site

barra reserva

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,234,546SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cegonha voa 13 mil quilômetros todos os anos para ver sua companheira ferida

Todo mês de agosto, a cegonha macho Klepetan deixa sua companheira, Melena, em Brodski Varoš, na Croácia, para migrar rumo ao sul da África: são 13 quilômetros de distância de uma ponta a outra!

“Boto minha mão no fogo pelo Razões”, afirma Alok em live do RPA. Confira como foi o papo!

O DJ Alok participou na última terça-feira (9) de uma live no Instagram do Razões para bater um papo sobre solidariedade e amor ao...

Avô constrói réplica da Disneylândia para passar mais tempo com os netos

O engenheiro aposentado Steve Doobs queria passar mais tempo com os netos. Sabendo que seus netos adoram a Disneylandia, ele usou seu tempo livre...

Filho de traficante conta como o pai o criou para ser delegado

O advogado Joel Luiz Costa, 29 anos, publicou há alguns dias uma série de tuítes que causaram grande repercussão. Neles, Joel conta a sua...

Estudantes baianos desenvolvem tênis que gera energia limpa: ‘Carrega até celular’

A energia é produzida em um circuito montado no calçado que é suficiente para acender dispositivos com LED.

Instagram