Colégio em Aracaju (SE) realiza evento para que as crianças amem seus cabelos cacheados

banner reservaO Colégio do Salvador, em Aracaju (SE), realizou no último dia 26, um evento importante, com o objetivo de reafirmar o respeito aos alunos de cabelos cacheados e crespos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Intitulada Festival de Cabelos Lindos, a ação destacou o empoderamento e a aceitação de todos os tipos de cabelo, não somente no ambiente escolar, mas em todos os segmentos da sociedade.

O lema era “Meu cabelo não é moda, é identidade. Solte o cabelo e prenda o preconceito”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O festival foi desenvolvido a partir da ideia de combater casos de bullying e de preconceito.

“A escola inteira participou do evento, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Falar sobre o assunto e debater junto aos alunos acaba trazendo mais conscientização e segurança, sobretudo para quem tem cabelos cacheados e crespos. Meninos e meninas que nos emocionaram trazendo suas histórias e dificuldades por causa do seu tipo de cabelo, mostraram, hoje, a todos, a beleza do diferente!”, afirmou a coordenadora da Educação Infantil da escola, Nair Almeida.

A ação também contou com dicas de penteados e cuidados para os cabelos crespos, além de desfile com as cacheadas, leitura de poesia e sorteios de diversos brindes, como produtos de cabelo específicos e adereços.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O festival foi uma ideia incrível e muito importante para dar visibilidade à importância de aceitarmos todas as pessoas, com todos os tipos de cabelo. A escola está de parabéns”, disse a aluna, Maiara Quaranta.

O aluno Lucas Mateus da Silva também destacou a importância da campanha realizada pelo colégio. “Trabalhar este tema motiva os cacheados a aceitar o cabelo e não tentar se adequar aos padrões, como o de cabelo liso. Gostei muito”, acrescentou.

Os pais dos alunos que participaram do festival também aprovaram a ideia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Adorei a iniciativa do Colégio do Salvador em trabalhar o tema com as crianças. É importante para que ninguém sofra preconceito ou bullying”, reforçou Sueli Andrade.

Fotos: Roberto Trindade e Reprodução Site

barra reserva

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,777,821SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Abrigo de cães fica vazio pela 1ª vez com alta demanda de adoções

Em meio à quarentena, muita gente tem adotado animais de estimação na esperança de afugentar o tédio e trazer um pouco de amor e...

Estudantes “esquecem” livros pela cidade e incentivam a leitura no Rio

No banco do metrô, nos corredores do shopping, na grama do parque: durante esta semana, os cariocas podem “ser encontrados” por livros em qualquer...

Cadela acompanha tutor idoso que foi atropelado em rodovia até hospital: ‘Não desgrudou dele’

Todos os dias, os bombeiros do 9º Grupamento de Foz do Iguaçu, no Paraná, socorrem vítimas de tragédias e atendem ocorrências, por vezes, quase...

Maquinista para trem para resgatar cãozinho amarrado nos trilhos

O maquinista parou o veículo e chamou um agente de segurança da CBTU para resgatar o animal.

Pantone lança cor para destacar problemas sociais e nos fazer agir

A cor “Unignorable” provoca as pessoas e as convida a agir para combater problemas sociais.

Instagram