Colégios australianos terão feminismo como matéria obrigatória

Em 2013 nasceu o ‘Fightback’, um coletivo feminista criado por estudantes da Fitzroy High School, de Melbourne, na Austrália.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que antes era um pequeno grupo de alunos, acabou se tornando uma turma de mais de 1.200 seguidores nas redes sociais.

O sucesso foi tanto que acabou virando matéria e o feminismo agora faz parte do currículo escolar.

De acordo com o documento, os estudantes do colégio australiano deverão aprender sobre igualdade e representações de gênero, estatísticas de violência doméstica e refletirão sobre a visibilidade feminina nas mais diversas áreas.

A proposta reúne mais de 30 lições e estará disponível no fim do mês para todos os estudantes interessados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Catraca Livre

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,274,824SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Hackaball: um computador que você pode jogar

Arremessar um computador é geralmente desaprovado e algo que você nunca deve fazer - até agora. Conheça a Hackaball, uma bola inteligente e sensível feita para as crianças...

Maior festival colaborativo de criatividade do mundo abre seleção para anfitriões e voluntários

Estão abertas as inscrições para inspiradores, anfitriões e voluntários da 5ª edição do World Creativity Day, que acontecerá nos dias 21 e 22 de...

Esta startup transforma emoções de histórias de amor em joias – literalmente

Aquele momento que você não consegue expressar, que só consegue contar. Agora pode virar uma joia.

Veja raras fotos de Frida Kahlo em seu último ano de vida

Nascido na Alemanha, o fotógrafo francês Gisèle Freund (1908-2000) oferece um raro olhar sobre Frida Kahlo em imagens íntimas tiradas da célebre artista durante alguns dos...

O menino cego e autista de 6 anos que é um gênio do teclado

O brasiliense Daniel começou a tocar teclado com apenas 3 anos.

Instagram

Colégios australianos terão feminismo como matéria obrigatória 4